Lua de mel na Itália e Suíça: roteiro de 14 dias por Roma, Toscana, Veneza e Grindelwald

por | Atualizado em 24/04/23 | Europa, Grindelwald, Itália, Roma, Roteiros by Rogerio, Suiça, Toscana, Veneza

Que tal viver uma lua de mel na Itália e Suíça? Confira o roteiro de 14 dias do casal Antônio e Marina em uma viagem romântica pela Europa!

lua de mel na italia e suiça

O roteiro

Foi maravilhoso! Amamos tanto a Suíça que deu gostinho de quero mais e desejamos ter ficado mais tempo por la! Talvez mudaríamos a ida a San Miniato (Itália) que apesar de linda a vista, o turismo por lá está desativado aparentemente.

As cidades

Ficamos 5 dias em Roma, 4 dias em Toscana, 2 dias em Veneza e 3 dias em Grindelwald e foi suficiente o tempo em cada uma! Fizemos todos os pontos turísticos e sem correria. Eu particularmente teria ido em mais uma vinícola para provar mais vinho e provar mais queijos, pois amei a experiência!

Os transportes

Voos

Saímos de São Paulo e fomos para Roma de Air Europe e deu tudo certo! Além disso, achamos o aeroporto de Madri mais confuso e o de Zurique maravilhoso e mega organizado.

Para quem busca passagens aéreas mais baratas, aqui no blog tem um artigo completo para ajudar nisso!

Trechos de trem

Andamos pela primeira vez de trem e foi incrível! Deu tudo certo com as companhias e foi melhor ter comprado antecipado. Aliás, se você for comprar, recomendo fazer pela Rail Europe. Era super confortável (bem mais que avião) e, na maioria deles, tinha até tomada para carregar celular. Apesar disso, tivemos duas situações atordoantes.

A primeira, quando entramos pela primeira vez no trem e não sabíamos onde colocava as malas, tentamos nos compartimentos superiores, mas não cabia, e o pessoal reclamou que estávamos empacando a fila. Só depois descobrimos que no começo e no final do vagão tinham locais destinados à malas. Mas a questão foi que os gringos não são solícitos tanto quanto os brasileiros, essa situação foi um exemplo.

E a segunda foi que um malandro ajudou a subir as malas no vagão sem nós pedirmos e depois queria 30 euros por isso! Mas eu, como boa brasileira, já fui discutir e o moço da companhia interviu e expulsou o intruso do vagão.

Aluguel de carro

Usamos o carro alugado para percorrer somente a Toscana, e foi ótimo! Alugamos na Rentcars e pagamos 2200 reais e a gasolina saiu cerca de 60 euros. A locadora era próxima da estação de trem e foi rápido tanto na retirada quanto na entrega. Pediram somente passaporte e CNH, mas não pediram a PID.

Se você pensa em alugar um carro para viajar pela Europa, confira este artigo do blog!

Transporte até as hospedagens

Quando chegamos pegamos um táxi do aeroporto até o hotel, em Roma, e na mudança de hotel também utilizamos táxi. Em Florença, alugamos o carro. Já em Veneza, utilizamos o Vaporetto e fomos a pé até o hotel.

Em Grindelwald, pegamos um ônibus e andamos um pouco, mas era super perto, tanto que na volta não usamos o onibus para pegar o trem.

As hospedagens

Roma

O primeiro dia em Roma ficamos no Hotel Palazzo Manfredi e foi incrível! Um café da manhã sem igual, fabuloso. Isso foi ótimo, pois neste dia fomos no Vaticano e almoçamos somente às 16h. A diária foi 600 euros e, pelo nível do hotel, compensou. Pessoal super educado na recepção, trocaram o dinheiro na casa de câmbio para nós e desfrutamos da vista de frente para o Coliseu.

Depois fomos para o Hotel Virgilio, as 3 diarias seguintes foram 350 euros. A localização foi ótima, voltamos a pé todos os dias depois do jantar, mas a cama era dividida (duas de solteiro juntas) e, ao contrário do outro, era meio enclausurado. Inclusive o café era no subsolo, sem ventilação e meio abafado, mas funcionou.

Toscana

Na Toscana ficamos no agriturismo La Presura, foram 4 noites por 380 euros no total. Foi incrível! O chalé que ficamos tinha um jardim particular na frente, era mega confortável. E super lindo o lugar com um lago e trilhas, maravilhoso!

Além disso, o pessoal deixou até um vinho de cortesia pela lua de mel, e ficou perto de bons restaurantes pra jantar também. Nossa, amamos!

Veneza

E em Veneza ficamos duas noites no Dimora Marciana. A localização era ótima, do lado da praça praticamente, mas não tinha elevador e a mala estava bem pesada para subir as escadas. No entanto, acho que isso seria em qualquer outra acomodação, pois Veneza e mala gigante não combinam.

A viela dele era esquisita, mas dentro era ótimo. O quarto não era muito grande, mas deu super certo, e tinha café da manha. Um fator negativo é que a cama também era dividida.

Grindelwald

Depois, ficamos na Suíça numa acomodação que era um studio dentro de uma casa de morador local (uma senhorinha ótima). Foi o melhor lugar possível para ter ficado, pois a vista era de tirar o fôlego! A cama era dividida também, mas era mais confortável que a do Hotel Virgilio, e o banheiro nós semi-alagamos, pois era cortininha, não tinha box. Mas foi ótimo, tinha geladeirinha e todos os aparatos de cozinha.

lua de mel na itália e suíça

Ingressos antecipados

Seguindo as orientações do Rogério, compramos o Coliseu, Vaticano e Jungfrau antecipado. Valeu a pena, com certeza!

Para comprar seus ingressos com antecedência também, é só acessar o site do parceiro do blog, Tiqets.

Seguro viagem

Contratamos o seguro viagem obrigatório como indica o blogueiro, mas não precisamos utilizar, graças a Deus.

Imigração

Fizemos em Madri e foi super simples! Não nos questionaram nada.

Clima durante a viagem

Em Roma fazia calor, e na Toscana e Veneza estava um clima mais agradável. Já em Grindelwald estava frio para nós ribeirão-pretanos. Mas não pegamos nenhum dia de chuva, somente o dia de chegada na Suíça. Todos os dias de tempo aberto!

Internet e telefonia

Compramos o chip da Casa do Chip e pegava bem sinal, custando 150 reais cada um. Por isso, usamos internet à vontade.

Aqui no blog tem um artigo completo sobre esse assunto que pondera sobre as diferentes opções de chip e os pontos positivos e negativos de cada um. Recomendo a leitura!

Comunicação em língua estrangeira

Utilizamos o inglês para a comunicação geral. Nosso inglês é bom (intermediário), entendemos bem e falamos ok. Na Itália, nos grandes centros, todos falam inglês, e nas cidades menores nem todos, mas entendem, aparentemente. Apesar disso, eles possuem muito sotaque, então às vezes não é tão fácil de entender.

Na vinícola, por exemplo, fizemos o passeio com um casal de americanos que relatou que no começo não compreendiam o que o guia falava (e ele era italiano e estava falando em ingles). E o Antônio, por falar espanhol, compreendia melhor o italiano das pessoas que não falavam inglês.

Mas tinham muitos brasileiros! Nosso atendimento no aeroporto de Zurique foi por uma brasileira e no café do aeroporto o garçom era estrangeiro, mas falava português. Além disso, em um restaurante que fomos em Veneza, os garçons entendiam tudo em português e tinha até cardápio em português, para nossa alegria. Em Jungfrau também tinha um garçom português e o inglês na Suíça era melhor do que na Itália.

Dicas para outros viajantes!

Em Roma acho que aconselho ir no restaurante do Hotel Manfredi, pois além de ser muito bom, a vista era muito linda. Jantamos também numa pizzaria do lado que chamava Pizza Forum, muitíssimo boa e mais parecida com as pizzas brasileiras: bem recheada!

Na Toscana, o melhor restaurante de todos, Battibecco, vale muito a pena mesmo! E ainda recomendo comer prato com trufa lá. Delicioso!

lua de mel na itália e suíça

Sobre a consultoria

Facilitou super nossa vida! Pré-casamento, nós não tínhamos tempo de pesquisar e criar um roteiro, pois eu adoro ter tudo planejado para conseguir aproveitar o máximo de cada local! Amei o roteiro super detalhado exatamente por isso!

Além disso, a ajuda na compra de ingressos de passeios e trens também foi incrível! Facilitou pra gente nãao ficar perdido lá nos locais procurando onde comprar.

lua de mel na itália e suíça

Antônio e Marina
Ribeirão Preto/SP
Data da viagem: outubro de 2022

2 Comentários

  1. Mariene

    Oi Alanna, tudo bem?? Ameeei saber um pouco mais sobre seu roteiro. Gostei muito pra minha lua de mel. Você consegue me dizer uma média de quanto gastaram no total? Com passagem, passeios e hotéis?

    Responder
    • Alanna Fontes

      Oi, Mariene!

      Tudo bem, e você? Nós não divulgamos os valores gastos por nossos clientes na viagem, pois isso pode variar muito, mesmo fazendo o mesmo roteiro. O que acha de preencher o briefing gratuito para fazermos uma análise dos custos da sua próxima viagem?

      É só clicar no link: https://forms.gle/fJMkaB6DBNpMDozj6

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conhecendo os arredores de Paris: 5 lugares incríveis para bate-voltas

Conhecendo os arredores de Paris: 5 lugares incríveis para bate-voltas

á pensou em visitar Paris e, além disso, conhecer outros lugares incríveis que ficam bem pertinho da capital francesa fazendo bate-voltas? Neste artigo, falaremos sobre destinos como o Palácio de Versailles, Castelo de Chantily, Vale do Loire, Disneyland Paris e os Jardins de Monet em Giverny e como chegar até lá.

Recomendados por Rogério Milani para uma viagem perfeita

Guias, transfers, hospedagens e outros serviços para sua viagem.
Conheça nossos parceiros!
Alugue seu carro com a Rentcars
Reserve seu hotel no exterior com a segurança do Código de Defesa do Consumidor do Brasil
Compre seu ticket de trem em português e com poucos cliques
Evite filas nas atrações turísticas e programe seus bate-voltas comprando ingressos e passeios antecipados com a Tiqets/Ticketbar
Compare e compre seu voo com Skyscanner
Viaje com tranquilidade emitindo seu seguro viagem com a Real Seguros
Cartões de débito para viagem com o melhor câmbio e as menores taxas do mercado! Eu recomendo a Wise
Já pensou ter custo zero com sua hospedagem nas próximas viagens? Então conheça a Home Exchange!
Artigos e equipamentos recomendados para sua próxima viagem!