Hospedagem em Roma: os melhores bairros para ficar na Cidade Eterna!

por | Atualizado em 26/06/23 | Europa, Hospedagem, Itália, Roma

Vai viajar para Roma e busca a hospedagem ideal para seu gosto e bolso? Confira uma lista com os principais bairros romanos e suas características, sugestões de acomodações do econômico ao luxuoso e muito mais!

hospedagem em roma melhores bairros
Foto de Marco Chilese

Roma sempre foi um dos destinos mais significativos do mundo. Palácios, pequenas casas e locais que abrigaram os primeiros viajantes funcionam até os dias de hoje. Atualmente, a fama é dos B&B (Bed & Breakfast) – cama e café da manhã – mas existem as mais variadas acomodações, de todos os estilos, preços e o mais importante: localizações.

Se você ainda não leu o nosso artigo sobre como escolher a melhor hospedagem, com dicas certeiras de quem viaja há mais de 30 anos, confira antes de seguir sua leitura.

Mas se você já sabe o que é importante pra você na acomodação e está pronto para descobrir o melhor de Roma, fizemos uma lista com os principais bairros para se hospedar na Cidade Eterna e suas características! Você vai encontrar dicas de lugares mais econômicos e outros luxuosos, com bom custo-benefício, diferentes distâncias dos locais onde pode ser mais importante para você estar, e muito mais.

Aliás, tenho certeza que depois desse artigo você vai estar pronto para tomar sua decisão e escolher uma hospedagem em Roma ideal para você. Ou seja, que esteja de acordo com o seu orçamento, necessidades, vontades e roteiro!

Ah, e se você não se dá muito bem com o italiano e busca um guia que fale português em Roma, também temos a indicação perfeita! É só acessar o link e conhecer. 🙂

Hospedagem em Roma: bairros próximos aos principais pontos turísticos

Para quem viaja pela primeira vez à Roma, a dica é ficar próximo (ou dentro) do Centro Histórico, já que assim estarão muito bem localizados em relação aos transportes e principais pontos turísticos, e a região possui também vários hotéis, com os mais diferentes níveis de conforto. Apesar disso, essa também é uma das regiões mais caras da cidade, por atrair uma quantidade enorme de turistas diariamente e ser o ponto chave do lugar.

A grande vantagem em estar nesses bairros é que você provavelmente não vai precisar de transporte para nada, senão para os passeios distantes e pontuais. Por exemplo, se quiser passar um dia no Vaticano, mesmo se o seu foco de viagem ainda for os pontos turísticos mais centrais.

Além disso, essa provavelmente é a parte de Roma que você sonhou quando idealizou essa viagem. Mas mesmo fazendo jus aos estereótipos e entregando tudo na paisagem, construções e belas apresentações artísticas, o Centro de Roma também peca no tumulto. Se você gosta de paz e tranquilidade, menos barulho e informação, esse provavelmente não é o lugar pra você.

Apesar de serem muito próximos, os bairros que compõe essa área em específico são Trevi, Pigna e Parione. Mas é bom saber: é fácil confundir entre um e outro, por serem muito próximos e realmente se misturarem. Por isso, não fique tão restrito ao bairro nessa região, sabendo que poderá circular livremente pelos três.

Trevi

Contemplado pela Fontana di Trevi, como podemos perceber pelo nome, o rioni (região/bairro) de Trevi é um dos principais quando se pensa em viajar pra Roma. A principal vantagem em escolher o Trevi, e não os outros bairros mais centrais, seria o fato de que este é o único que possui estação de metrô na região.

Inclusive, é bom saber que acomodações mais perto do metrô costumam ser mais econômicas e as mais perto da Fontana, mais caras. De qualquer forma, por ser um dos bairros mais famosos e turísticos, e ainda ter a presença do metrô para se destacar dos demais, costuma ser um dos bairros mais caros da cidade.

Para acessar diferentes opções de hospedagem em Trevi, é só clicar aqui.

Pigna

Localizado no coração do centro histórico de Roma, o bairro Pigna é conhecido por suas ruas sinuosas, praças encantadoras e atmosfera pitoresca. Seu nome deriva do símbolo da Pigna, um grande pinhão que costumava ficar em frente à Basílica de São Pedro.

Assim como Trevi e Parione, Pigna também é um dos bairros mais antigos de Roma, encantando com sua história. A grande atração turística da região é o Panteão, mas como dito anteriormente, nos três bairros centrais é fácil se locomover a pé para as demais atrações.

Para acessar diferentes opções de hospedagem em Pigna, é só clicar aqui.

Parione

Dos três bairros centrais, Parione é o mais boêmio e animado. O bairro é especialmente popular pela vida noturna vibrante, com uma grande variedade de bares e restaurantes que atraem tanto os moradores locais quanto os turistas. Uma das praças mais famosas de Parione é a Piazza Navona, com suas belas fontes e esculturas, cercada por cafés e artistas de rua.

Além disso, as ruas estreitas e sinuosas de Parione estão repletas de edifícios históricos, boutiques exclusivas e galerias de arte. Assim, este é uma das rionis mais populares entre os turistas.

Para acessar diferentes opções de hospedagem em Parione, é só clicar aqui.

hospedagem em roma
Foto de Chris Czermak

Hospedagem em Roma: bairros mais econômicos e com facilidade de transporte

Se você quer realmente economizar com acomodação e não se importa de estar em um lado de Roma menos “instagramável” e idealizado, ficar nos bairros ao redor da Estação Termini pode ser uma ótima opção. É claro que perto de estações a paisagem não costuma ser aquela de revista quando imaginamos a cidade histórica. Muros altos e longos, áreas para passagem de trem, alguns moradores de rua e construções não muito bem cuidadas podem ser questões a lidar.

Apesar disso, os bairros perto da Estação compensam no preço e na facilidade de transporte, tanto para as atrações romanas quando para outras cidades e até mesmo o aeroporto de Fiumicino. São eles: Esquilino, Castro Pretorio e San Lorenzo.

É bom saber que nessa região também se encontram hotéis mais luxuosos, mas acredito que o investimento valha mais em uma acomodação menos luxuosa em um bairro mais tranquilo. Vai das prioridades de cada um.

Além disso, é importante saber que muitos sites de hospedagem, como o Booking, colocam a Estação Termini como um bairro, englobando o que está nas proximidades. Por isso, é interessante que, ao acessar as hospedagens, você entre no mapa e confira exatamente em qual bairro ela está.

Para acessar diferentes opções de hospedagem nos bairros Esquilino, Castro Pretorio e San Lorenzo, é só clicar aqui.

Esquilino

O mais econômico e considerado o “menos bonito” das opções, escolha Esquilino se seu foco for mesmo a economia. Ao contrário do que podem dizer, não acredito que o nível de segurança seja tão pior que outros lugares, mas convém ficar atento. Em lugar algum de Roma deve-se andar desacompanhado à noite e com itens de valor, lá não é diferente. O máximo que pode acontecer é você precisar prestar um pouco mais de atenção.

Além disso, por estar perto da Estação e ter muita passagem de pessoas chegando e partindo, também conta com bastante movimento e algum barulho.

Castro Pretorio

O mais bonito dos bairros econômicos! O rioni Castro Pretorio é o melhor das opções próximas à Estação de Termini. As ruas não são tão sujas, mas limpas e agradáveis, e também contam com menos barulho que os demais, em geral.

Com um ambiente artístico, Castro Pretorio é o lar de várias instituições culturais, como o Museu Nacional Romano, e fica a uma curta distância de atrações turísticas populares. Mas é claro, estando do ladinho da Estação é fácil pegar um metrô ou trem e conhecer tudo o que deseja!

San Lorenzo

Mais frequentado por jovens, artistas, intelectuais e estudantes, o San Lorenzo é uma boa opção para quem gosta de bairros alternativos e bem conectados à realidade local. Nele, está localizada uma das mais antigas e renomadas universidades do País, a Università di Roma La Sapienza.

Assim, os preços de comércio e restaurantes costumam ser mais baixos para atender à comunidade universitária. Além disso, as opções de passeio são interessantes e diferentes do comum, como a visita gratuita aos museus da universidade.

estação termini roma
Foto de Dan V

Hospedagem em Roma: bairros alternativos e com o melhor custo-benefício

Para quem não sente a necessidade de estar no centro vendo tudo o que está acontecendo ao mesmo tempo, existem bairros alternativos, agradáveis e mais econômicos que são ótimas opções. Aliás, as melhores opções!

São bairros mais residenciais, não tão populares por estrangeiros e turistas. Os preços podem ser mais justos e as ruas e comércio passam a ideia de tradicionalidade de uma cidade comum. Eu particularmente amo me sentir como uma moradora de uma cidade diferente, inserida na rotina e conhecendo os lugares mais tradicionais, e não só famosos.

Por não serem tão centrais, mas ainda próximos do centro, com pontos turísticos interessantíssimos (assim como toda Roma), esses bairros têm começado a chamar a atenção dos turistas. Para nossa sorte, eles ainda não são tão badalados, barulhentos e contaminados pelo turismo predatório, e espero que continue assim!

Mas olhando o histórico das cidades turísticas, recomendo aproveitar enquanto há tempo… São eles: Monti, Celio e Trastevere.

Monti

O novo queridinho dos turistas! Apesar de ainda não estar lotado como o centro, Monti já está chamando muita atenção de quem viaja para a Cidade Eterna. É frequentado em maior parte por locais, com várias lojas, perfumarias, ateliês e restaurantes deliciosos e belíssimos.

A localização do bairro Monti é o melhor: nos arredores do Coliseu, entre o anfiteatro e a Estação Termini. É bem atendido em questão de transporte público e conta com uma estação de metrô, que é meio o ponto central do rioni.

Ademais, é um bairro que pode ser considerado badalado, mas que ainda preserva sua autenticidade.

Para acessar diferentes opções de hospedagem em Monti, é só clicar aqui.

Celio

Bem próximo ao bairro Monti, Celio é um rioni bem menos explorado pelos turistas. Um dos motivos é o baixo número de hospedagens no bairro, mas essa também acaba sendo uma vantagem. Tão perto do Coliseu quanto o vizinho, as opções de acomodações em Celio, por mais raras, são mais econômicas e, em geral, bem agradáveis.

Quem fica por aqui geralmente utiliza o Coliseu como maior referência, e também sua estação de metrô. Ademais, é bom saber que os ônibus são constantes e atendem bem a região.

Uma excelente opção de hospedagem no bairro Celio (e com desconto para nossos leitores) é a Casa Minha Al Colosseo! A casa da Adriana, parceira do blog que vive há mais de 30 anos em Roma e recebe viajantes brasileiros com a hospitalidade que só nós conhecemos.

Trastevere

Um dos melhores custo-benefícios de Roma, o Trastevere é uma opção especial para quem busca uma vida noturna agradável e movimentada, perto da hospedagem. Do outro lado do Rio Tibre (inclusive, é esta a tradução de Trastevere), o bairro é um dos mais tradicionais da cidade que também não foram tomados pelo turismo. Isso porquê é um dos rionis que não conta com metrô, devido às extensas galerias subterrâneas de Roma.

Assim, grande parte dos turistas prefere estar do outro lado do Rio devido à mobilidade, mas o Trastevere não deixa faltar neste ponto. Apesar da falta de metrô, ele conta com um bonde elétrico que dá conta do recado e agrada quem escolhe a região, além de linhas de ônibus que também passam por lá.

Ademais, é mais acessível financeiramente, e muito agradável. Bom para sair para passear nos outros bairros durante o dia e curtir a noite nos barzinhos e praças, recheadas de apresentações artísticas. Afinal, o momento de maior movimentação no Trastevere é à noite, sendo considerado um bairro boêmio e alternativo.

Para acessar diferentes opções de hospedagem em Trastevere, é só clicar aqui.

bairro trastevere a melhor opção de hospedagem em roma
Foto de Herry Sutanto

Hospedagem em Roma: bairros mais luxuosos e sofisticados

Geralmente com lojas e restaurantes mais caros, os bairros luxuosos de Roma têm uma maior concentração de hotéis 5 estrelas, mas é possível encontrar opções mais econômicas com bastante pesquisa, tempo e paciência. São mais confortáveis tanto na questão de barulho e quantidade de informação no bairro quanto nas próprias estadias. Além disso, os quartos costumam ser mais espaçosos, ventilados e modernos.

São eles: Ludovisi e Campo Marzio

Ludovisi

Se você já assistiu o filme “La Dolce Vita”, de Federico Fellini, com certeza vai adorar passar por esse bairro. Seja para se hospedar em seus maravilhosos hotéis de luxo, seja somente para conhecer a Via Veneto, uma rua muito sofisticada, cheia de bares e restaurantes, que ficou famosa após aparecer no filme italiano.

Desde então, é o principal cenário de fotos de artistas internacionais e de turistas apaixonados que passam pelo local.

Para acessar diferentes opções de hospedagem em Ludovisi, é só clicar aqui.

Campo Marzio

Além dos hotéis de alto padrão e ótimos meios de transporte, Campo Marzio é um bairro que se destaca, principalmente, pela alta concentração de lojas de grife e restaurantes famosos. É claro que tudo tem um preço, mas se você não se importa em pagar por ele, esse é o seu lugar.

É um bairro residencial em sua maior parte, e conta com duas estações de metrô. Assim, se torna um dos melhores em localização, conforto, segurança e acessibilidade. Apesar disso, passa longe das opções econômicas. É, de longe, um dos bairros mais caros da cidade.

Para acessar diferentes opções de hospedagem em Campo Marzio, é só clicar aqui.

melhor bairro de roma
Foto de Bibi Pace

Hospedagem em Roma: bairro próximo ao Vaticano e atrações religiosas

O Vaticano é a principal atração em Roma para quem busca fazer turismo religioso. Milhares de turistas passam diariamente pela sua história materializada nas construções antigas, nas vozes dos guias, nas lágrimas que caem ao primeiro contato com o local sagrado.

Geralmente, quando o foco da viagem não é esse, os viajantes escolhem apenas um dia para explorar seus arredores. Apesar disso, muitas pessoas optam por ficar perto do Vaticano, não só por estar voltado à religiosidade, mas também por ser uma região segura, mais tranquila que Trevi e Pigna, por exemplo, e o melhor de tudo: mais acessível.

Sim, é isso mesmo, ficar perto do Vaticano pode ser bom para o seu bolso! O bairro onde ele está localizado chama Prati, e também é uma das opções com bom custo-benefício na cidade italiana.

Prati

A região de Prati, além de contar com preços mais acessíveis que o miolo histórico, também é um bairro delicioso para quem busca se conectar com a história da cidade e da Igreja Católica. Mas não só ela, é claro. As obras e mensagens que carregam essas ruas vão muito além de uma ou outra religião.

Com ruas para compras, boas opções de restaurantes e comércio, Prati conta com inúmeras opções de hospedagem. Mas cuidado! Se for em algum evento importante, é bom reservar com antecedência. Mesmo com muitas opções, em situações pontuais pode ser difícil encontrar um lugar.

Uma ótima hospedagem em Roma para quem quer ficar perto do Vaticano (e com desconto para nossos leitores) é o Maison Vaticana, do nosso parceiro Antônio! Um B&B delicioso com todo o conforto, tranquilidade e atendimento que só alguém que conviveu muito com brasileiros sabe. Aliás, é o lugar ideal para quem não se dá tão bem com o italiano e quer uma comunicação em português na acomodação.

visitar o vaticano onde ficar
Foto de Lawrence Reynolds

E aí, pronto para escolher sua hospedagem e viajar para Roma?

Ainda está com alguma dificuldade para escolher sua hospedagem em Roma, qual bairro ficar ou o que se encaixa melhor na sua realidade? Sem problemas! Nós temos um artigo recheado de indicações com hospedagens testadas e aprovadas pelos clientes da nossa consultoria. E se ainda tiver dúvidas, deixe um comentário ou acesse os demais artigos sobre Roma no blog.

E se você tem interesse em viver uma experiência completamente diferente em Roma, conhecendo mais da gastronomia e aprendendo diversos pratos da culinária italiana, nós podemos te ajudar. Acesse o link e entre em contato com a Chef Maura Pismataro para aulas de culinária em Roma de forma que você realmente entenda: em português!

Dê uma olhada no blog e entre em contato com [email protected] caso tenha dúvidas, dicas de textos ou indicações. É a sua contribuição que nos ajuda a complementar cada vez mais o conteúdo!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conhecendo os arredores de Paris: 5 lugares incríveis para bate-voltas

Conhecendo os arredores de Paris: 5 lugares incríveis para bate-voltas

á pensou em visitar Paris e, além disso, conhecer outros lugares incríveis que ficam bem pertinho da capital francesa fazendo bate-voltas? Neste artigo, falaremos sobre destinos como o Palácio de Versailles, Castelo de Chantily, Vale do Loire, Disneyland Paris e os Jardins de Monet em Giverny e como chegar até lá.

Recomendados por Rogério Milani para uma viagem perfeita

Guias, transfers, hospedagens e outros serviços para sua viagem.
Conheça nossos parceiros!
Alugue seu carro com a Rentcars
Reserve seu hotel no exterior com a segurança do Código de Defesa do Consumidor do Brasil
Compre seu ticket de trem em português e com poucos cliques
Evite filas nas atrações turísticas e programe seus bate-voltas comprando ingressos e passeios antecipados com a Tiqets/Ticketbar
Compare e compre seu voo com Skyscanner
Viaje com tranquilidade emitindo seu seguro viagem com a Real Seguros
Cartões de débito para viagem com o melhor câmbio e as menores taxas do mercado! Eu recomendo a Wise
Já pensou ter custo zero com sua hospedagem nas próximas viagens? Então conheça a Home Exchange!
Artigos e equipamentos recomendados para sua próxima viagem!