Tudo sobre Milão: o que fazer, transporte, alimentação, hospedagem e muito mais dicas

Atualizado por Rogério Milani em 02/06/2020

Rogério Milani

Tudo sobre Milão: o que fazer, transporte, alimentação, hospedagem e muito mais dicas!

Tudo sobre Milão

Antes de visitar: conhecendo Milão

A segunda maior cidade da Itália é Milão. Internacional e cosmopolita, 13,9% da sua população é de origem estrangeira. Pólo de negócios e finanças, é uma das cidades mais poderosas e influentes do mundo. O estádio San Siro ou Giuseppe Meazza, um dos templos italianos do futebol e sede dos times Milan e Internazionale, é um dos locais mais visitados por quem gosta de esporte e, são dois dos times mais populares da Itália. A majestosa catedral de Duomo impressiona a todos os visitantes, e a Galleria Vittorio Emmanuele é parte da rica história artística que lançou as bases sobre as quais a moda e o design poderiam florescer. Enfim… Em busca de arte, história e estilo? Milão é o seu destino!

Se quiser saber como foi minha ida mais recente para Milão, contei tudo num post em que detalho toda a viagem que fiz com minha esposa Letícia: visitamos a capital do design em nosso giro por PienzaMontepulcianoBagno VignoniMonticchielloMontalcinoSan Gimignano e Impruneta e Bérgamo, uma viagem pela Itália inesquecível! Outro bom post é esse da série Europa Barata, em que listamos dez coisas para fazer de graça em Milão.

Nós no centro da cidade

Como chegar e se locomover em Milão: dicas de transporte

Se você já leu os nossos posts anteriores da série “Tudo Sobre”, sugerimos que você estude um pouco sobre o funcionamento da cidade que é tema do post, veja imagens, mapas e tente entender antes de viajar. Uma vez aprendido, é fácil, fácil!

O transporte público de Milão é tão bom quanto a maioria das grandes cidades europeias. Você pode pegar trem, ônibus, trams (bonde), alugar bicicletas, pegar táxi, ou ainda caminhar, já que a maioria dos pontos turísticos mais visitados da cidade podem ser vistos caminhando e a cidade é praticamente plana no centro turístico. Mas, claro que existem outros mais afastados e, dependendo do hotel, você precisará se locomover por algum meio de transporte pela cidade.

Confira abaixo as nossas dicas para você “dominar” a bella Milano – já adianto que a primeira coisa para você saber é que o sistema de transporte em Milão é comandado pela empresa chamada Azienda Trasporti Milanesi (ATM).

Tipos de transporte

Metrô – A rede de transporte de metrô chega aos principais pontos turísticas e é relativamente pequena (em comparação a cidades como Paris e Londres, por exemplo) e, por essa razão, é muito fácil se locomover com ele. As linhas são representadas pela letra “M” (M1, M2, M3,M5) e também por cores: a M1 é vermelha, a M2 verde, a M3 amarela, a M4 ainda está em construção e a M5 roxa. Além disso, possui oito linhas suburbanas representadas através da letra “S” (S1, S2, S3, S4, S5, S6, S9, S10).

O metrô funciona das 6h às 00h, mas aos sábados o horário de encerramento se estende até a 1h40min. Ônibus e trams começam a circular mais cedo, às 5h e encerram suas atividades no mesmo horário do metrô.

Ônibus – Milão possui mais de 80 linhas de ônibus locais e algumas linhas de trólebus (ônibus elétricos que funcionam com cabos aéreos). Como a rede de metrô da cidade é muito limitada, os ônibus urbanos de Milão são uma das melhores maneiras de se locomover pela cidade. Desde 2015, os ônibus noturnos de Milão circulam todos os dias da semana da meia noite até as 6h da manhã.

Trams (Bondes)– Os bondes estão em funcionamento em Milão desde 1876 e as linhas são numeradas de 1 a 33. São um dos meios mais fáceis e rápidos de se locomover pela cidade. Os bondes circulam em Milão das 4h30-5h da manhã até 2h-2h30 da madrugada. Nos dias 25 de dezembro e 1º de maio, os bondes funcionam das 7h às 19h30.

Bicicletas – Como na maioria das cidades grandes, a moda agora é alugar bicicletas ou patinetes para passear pela cidade. Em Milão, é possível alugar bicicleta em um ponto da cidade e devolvê-la em outro lugar, mais de 100 pontos de locação. A mais conhecida da cidade é a BikeMi e você pode utilizá-la das 7h da manhã até a 1h da madrugada. Os primeiros 30 minutos são gratuitos e, passado este período, você terá que escolher o tipo de ticket que deseja – o diário de €4,50, o semanal de €9 ou anual €36, através do site ou numa das estações de aluguel em Milão.

Carro – Não aconselhamos se locomover pela cidade de carro pois existem poucos estacionamentos – e obviamente concorridos – e as tarifas são relativamente caras. Mas se ainda assim sua opção for por alugar carro em Milão, recomendamos nosso parceiro Rentcars para sua locação.

Táxi – Os táxis também não são a melhor opção, sendo um transporte bem caro. A frota do Uber é pequena e às vezes (dependendo do horário) você pode ficar horas esperando por um. Diferentemente do Brasil, os táxis em Milão têm pontos específicos e não podem parar na rua para pegar passageiros.

Tipos de Tickets

Biglietto singolo ou individual – Este é o ticket individual que custa €2 e tem validade de 90 minutos e você pode usar no metrô, ônibus e bondinho, quantas vezes quiser dentro deste tempo. A única coisa é que você não pode sair da estação de metrô e tentar entrar com o mesmo ticket.

Biglietto giornaliero ou Cartão de viagem 24 horas – O cartão de viagem de um dia é válido por 24 horas, pois é introduzido pela primeira vez em uma máquina de validação. Isso significa que, se você validar seu passe de viagem às 13h30min, poderá usar o transporte até 13h30min do dia seguinte. Abrange as áreas Mi1, Mi2 e Mi3 e custa €4,50. Junto com o ticket abaixo, e dependendo do tempo que você for curtir Milão, é a melhor opção para o uso do transporte público.

Biglietto Bigiornaliero ou Cartão de viagem de 48 horas – O cartão de viagem de dois dias permite viagens ilimitadas e é válido por 48 horas desde a primeira validação, custando €8,25.

Carnet 10 viaggi ou Boleto de 10 bilhetes padrão – O preço de 10 bilhetes individuais é €13,80 e você economiza um pouco mais do que se comprar dez bilhetes separadamente.

Dica importante – Uma coisa bem tradicional na Itália é comprar os bilhetes de transporte nas bancas de jornais chamadas Tabaccheria, mas eles também estão disponíveis em máquinas automáticas em todas as estações. Não se esqueça que é importante você comprar os bilhetes com antecedência, principalmente se for pegar ônibus ou tram – bonde, já que não tem opção de compra na parada. Você apenas valida o ticket quando entra no meio de transporte – não tente dar uma de esperto, os fiscais estão sempre de olho!

Tudo sobre Milão

Como ir dos aeroportos principais até o seu hotel: chegando em Milão e se locomovendo pela cidade

Milão conta com três aeroportos, sendo eles Linate, Aeroporto Internacional de Malpensa e Bergamo Orio al Serio. Os mais importantes e de onde chegam a maioria dos voos são o Linate e Malpensa, que falaremos agora. O aeroporto de Bérgamo, que fica, claro, em Bérgamo, cerca de 1h15 de Milão e é a base da empresa de baixo-custo Ryanair na Itália. Para quem viajar com esta empresa, há a opção de comprar o transporte de ônibus de/para Milão que a Ryanair oferece.

1. Linate – É um aeroporto menor e de onde chegam alguns voos vindos das capitais europeias. Como ele fica mais perto do centro, se você não tiver muita bagagem, vale a pena pegar um ônibus, veja abaixo:

*Trem: da estação central de trem de Milão até o aeroporto, o primeiro trem sai às 6h15min e a frequência é de meia em meia hora até as 23h. De Linate, o primeiro trem é as 6h30min da manhã até 23h30min, de meia em meia hora.

*Ônibus: O ATM Urban Line 73 sai da Piazza Duomo até Linate – o primeiro ônibus sai às 5h03min da manhã de Duomo e tem um a cada dez minutos para o aeroporto. Para ir do aeroporto até Duomo, o primeiro ônibus é as 5h30min da manhã, também a cada dez minutos.

*Táxi: Para reservar uma corrida de táxi de ida e/ou volta para Linate, você pode ligar para o número 02 7777, telefone que pode ser usado por qualquer cidadão, tanto de telefone fixo quanto para o celular. O valor aproximado é €50.

2. Aeroporto Internacional de Malpensa -Todos os voos intercontinentais chegam aqui, por isso ele é o principal aeroporto de Milão (e enorme, claro).

*Trem: A melhor opção é pegar o trem Malpensa Express que liga o aeroporto à estação de metrô Cadorna (linha vermelha e verde) de meia em meia hora. A viagem dura aproximadamente 40 minutos. Os tickets podem ser comprados na hora e custam €13 para adultos e €6,50 para crianças de 4 a 13 anos.

*Ônibus: Caso você queira economizar, o ônibus Airport Bus Express possui uma promoção de €8 por trecho e vai até a estação central de Milão em 50 minutos. O horário é das 6h10min da manhã até 00h40. Caso queira fazer o caminho inverso e sair da estação central de Milão até o aeroporto, os horários são de 4h15 da manhã até 23h15min. Outra opção é o Malpensa Shuttle, que vai até a estação central por €10 por trecho ou €16 ida e volta. Maiores informações de horário e rotas, você poderá encontrar no site.

*Táxi: Para reservar uma corrida de táxi de ida e/ou volta para Malpensa, você pode ligar para o número 02 7777, que pode ser usado por qualquer cidadão, tanto para o telefone fixo quanto para o celular. O valor aproximado é €120.

Para conhecer os arredores de Milão: bate-volta para Gênova e Portofino, Lago di Como e Bellagio e Cinqueterre

Uma das coisas mais incríveis que se pode fazer quando se viaja para a Europa é poder viajar e conhecer as cidades vizinhas. Se você reservou mais dias para estar em Milão e tem a oportunidade de fazer excursões, damos algumas dicas especiais para vocês neste post! A famosa cidade portuária de Gênova (se você tem avós italianos que foram morar no Brasil certamente deve saber que a grande maioria deles partia do Porto de Gênova). Ou quem sabe dar um pulo no famoso lago ao norte da Itália e as paisagens ao seu redor que já foram cenário de filmes e livros? Ou que tal dar uma caminhada nas montanhas e conhecer as cinco cidades de casinhas coloridas na beira do mar das Cinqueterre (“cinco terras”)?

As belezas de Gênova e de Portofino

Gênova, cidade onde nasceu Cristóvão Colombo, possui o maior porto marítimo da Itália e é considerada a porta de entrada para a Riviera Italiana. A herança arquitetônica e a história são vivas nesta cidade e o labirinto das ruas estreitas praticamente intactas se misturam com a modernidade. Uma vez lá, visite o Musei di Strada Nuova, Old City, Bocadasse, Cathedrale di San Lorenzo e o famoso Aquário.

Portofino é uma joia perdida na costa da Riviera Italiana, perto de Gênova. Esta vila de pescadores tem casas coloridas, lojas sofisticadas e elegantes e restaurantes que servem deliciosos pratos de frutos do mar. Os super iates estão por todas as partes. Vale a pena uma visita no Castello Brown, uma fortaleza e museu do século XVI que possui vistas lindas da cidade.

Como chegar a Gênova: Com o trem Trenitalia Frecce desde Milano Centrale.
Quando tempo: Uma hora e 40 minutos
Quanto custa: €21.50/trecho

Como chegar desde Gênova a Portofino: Você pode ir de trem, de carro ou ônibus. Esta plataforma em inglês ajuda a encontrar a melhor opção para o dia -> https://www.omio.co.uk/travel/genoa/portofino
Quando tempo: A média é de trinta minutos de carro, 2 horas e 20 minutos de ônibus e uma hora e 23 minutos de trem e ônibus.
Quanto custa: €21.50/trecho.

Tudo sobre Milão

Lago di Como e Bellagio, a pérola do Lago

O Lago di Como, também conhecido como Lário, é o terceiro maior dos lagos italianos e é um dos lagos mais profundos da Europa. Seu formato resulta do derretimento das geleiras combinado com a ação erosiva do antigo rio Adda. Localizado nos pés dos Alpes, o Lago Como oferece um dos cenários mais pitorescos e lindos do mundo e ao redor dele você poderá se aventurar e realizar muitas atividades. Um dos locais mais conhecidos é a cidadezinha charmosa de Bellagio, com suas ruelas estreitas, lojinhas e excelentes restaurantes. As villas Serbelloni e Melzi valem a pena ser visitadas. Bellagio sempre foi considerado um dos principais destinos da Itália e seu nome mostra o charme indiscutível de uma pequena vila que se desenvolve ao longo de pequenas ruas com muitas lojas de artesanato local, além disso, na beira do lago, inúmeras são as opções para saborear a boa vida.

Como chegar no Lago di Como: saída de trem desde Milão, na estação de Cadorna. Tome cuidado pois existem duas estações (a primeira se chama Como Nord Lago e que deixará você perto do barco que te levará a Bellagio, a segunda Como San Giovani, que é mais longe, portanto não recomendamos).
Quanto tempo: aproximadamente 1 hora.
Quanto custa: €4.80 por trecho

Como chegar em Bellagio: você irá até o porto de Como. Eles possuem duas opções, o barco rápido e o barco lento.
Quanto tempo: 45 minutos (barco rápido) e 2 horas e meia (barco lento).
Quanto custa: €14.80 por trecho

Mas atenção: você somente poderá comprar passagem de ida de Como até Bellagio se não pegar alguma excursão fechada que estiverem oferecendo por lá, assim, compre sua passagem de volta logo que chegar na estação. Ambos passeios você passará por diversas cidadezinhas de “encher os olhos”.

Tudo sobre Milão

As casas coloridas e o mar de Cinqueterre

Situada entre uma das paisagens mais charmosas da Itália, as cinco aldeias não são mais as aldeias isoladas que eram antes, mas ainda há um sentimento de autenticidade, com poucas estradas, arquitetura perfeitamente preservada e uma rede de impressionantes trilhas costeiras e montanhosas. As Cinque Terre são: Monterosso al Mare, Vernazza, Corniglia, Manarola e Riomaggiore. Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1997, uma linha ferroviária do século XIX atravessa uma série de túneis costeiros que transporta os turistas de vilarejo em vilarejo. Ah, muito importante: os carros foram proibidos há mais de uma década. Reserve um dia para conhecer essas maravilhas, tomar um banho de mar com os peixes, comer comidas deliciosas e bater fotos de tirar o fôlego!

Como chegar: de trem partindo da estação Milano Centrale até Monterosso.
Quanto tempo: 2 horas e 53 minutos
Quanto custa: €21/trecho

Tudo sobre Milão

Seguro viagem obrigatório na Europa

Ficou com vontade de conhecer a Itália? Se você viajar pra lá, precisa obrigatoriamente contratar o serviço de seguro viagem! Se você nunca ouviu falar sobre isso e quer saber mais, leia este post sobre o seguro viagem e todas as dicas para contratar este serviço.

Viaje tranquilo com seu seguro viagem Real Seguros, Seguros Promo ou World Nomads.

Onde ficar em Milão: dicas de acomodação

Indicamos sempre opções para todos os gostos – e bolsos – nos nossos posts de “Tudo Sobre”. Se você quiser, também pode dar uma conferida nas dicas de hospedagem dos nossos roteiros personalizados, testadas e avaliadas pelos clientes do blog.

Hostel/Compartilhado

B&B Aldebaran – Este bed&breakfast tem excelente localização. Na porta de uma estação de metrô, também fica perto de lojas, supermercado, restaurantes. Próximo também da estação central de trem de Milão. Local limpo, um café da manhã simples mas bacana. O banheiro é compartilhado, mas limpo e espaçoso e sempre disponível. Possui uma cozinha equipada, caso queira fazer as refeições por lá, e toda a equipe é muito prestativa, prática e educada.

Albergue Ostello Bello – Esse simpático hostel fica a uma curta caminhada das estações de metrô Duomo e Missori, que oferecem conexões diretas para a Estação Central de Trem de Milão. Lá tem três belos terraços mobiliados com redes e todos os hóspedes são recebidos com um drink de boas-vindas de cortesia. Tem Wi-Fi gratuito e decoração clean. A limpeza é bastante elogiada pelos hóspedes no Booking!

Albergue Gogol’Ostello & Caffè Letterario – A proprietária fala português, o que facilita bastante a comunicação! Esse hostel moderninho e colorido tem quartos muito confortáveis, com armário com chave. A localização razoável (tem um supermercado bem barato perto) e metrô do ladinho. O café da manhã é simples mas bastante elogiado!

Ostelzzz Milano – Esse hostel é bem novinho e moderno e tem camas em cabines separadas (como aqueles hotel-cápsula no Japão). O espaço é pequeno mas, dizem, suficiente pra uma ou duas noites. A organização e limpeza são bastante elogiadas no Booking, e a localização é ótima – perto da estação central e a uma curta caminhada até a Piazza Duomo.

Atmos Luxe Navigli – O café da manhã é maravilhoso, ótima limpeza, quarto bem decorado e hostel moderno e equipado. O hostel fica a uns três quarteirões mais ou menos do metrô, mas dá pra andar tranquilamente, sem perigo nenhum. Um excelente custo-benefício!

Tudo sobre Milão

Opção econômica

Welcome to my house Milano – A casa é rústica e linda. Os atendentes são amáveis, nos receberam muito bem. A localização é perfeita, dá pra fazer tudo a pé, passeando por ruas lindas… E a limpeza é impecável! O quarto de casal é bem espaçoso e o banheiro é compartilhado, mas bastante limpo e com uma ótima ducha.

Hotel Midtown Milano – O hotel é simples, mas a equipe costuma ser elogiada por ser muito cortez e simpática! Os quartos são espaçosos, limpos e a ducha é ótima! O hotel fica perto de uma estação de metrô e também de ônibus. Boa opção custo-benefício!

Hotel Carlo Goldoni – O hotel acabou de ser renovado e oferece até quartos antialérgicos! A equipe da recepção é bem atenciosa e os quartos costumam ser elogiados por serem limpos e espaçosos. A localização é boa e tem fácil acesso ao transporte público, o que facilita muito para quem está na cidade a passeio!

B&B Aldebaran – Muito bem localizado! Todas as unidades deste B&B dispõem de banheiro compartilhado, mesa de trabalho e guarda-roupa. Alguns quartos têm varanda e vista para a cidade e um café da manhã italiano é servido todas as manhãs. A equipe fala inglês, italiano e francês, e fica à sua disposição para ajudar na recepção 24 horas.

Golden Milano Hotel – Excelente hotel, localizado relativamente perto do aeroporto de Linate, e um pouco distante do centro. Quartos confortáveis, amplos e bem limpos, com chuveiro excelente. Todos os funcionários são extremamente educados e prestativos!

Tudo sobre Milão

Opção tradicional/preço médio

Room Inn – Fica bem localizado, em frente à Estação de Metrô Moscova e oferece quartos em estilo moderno com Wi-Fi gratuito e ar-condicionado. O maior elogio de quem ficou por lá é o café da manhã com itens doces e produtos caseiros e é servido diariamente. A propriedade pode preparar almoço e jantar mediante pedido, que podem ser servidos no terraço quando o tempo permitir. O proprietário Giacinto é extremamente elogiado lá no Booking também!

BB Hotels Aparthotel Bocconi – O apartamento é super limpo, com tudo novinho, tem um ótimo tamanho e é bem equipado! Possui elevador e fica bem próximo a estação de tram. A limpeza do quarto feita a cada dois dias, o que é bem suficiente, e fica próximo ao Carrefour, pra quem quer economizar nas refeições!

Hotel Ritter – Ótima localização, a 100 metros de uma estação de metrô e a uma curta caminhada do Castelo Sforzesco – e tudo isso por um bom custo-benefício. Quarto espaçosos e muito funcionais, dispõe de café da manhã todos os dias.

Seven Home – A localização do apartamento é muito boa, a poucos minutos a pé do centro, ao lado de restaurantes. O design do apartamento é muito agradável, as camas super confortáveis – e os proprietários são bastante elogiados pela simpatia e prestatividade!

BeHome – Porta Romana – Super bem localizado, tem quartos muito confortáveis, elegantes e limpos – além de super bem decorados! Há uma ótima área de cozinha com frigorífico comum para todos os hóspedes!

Apartamento da Ivy – Ensolarado e tranquilo, o apartamento se encontra em um pequeno prédio residencial de 1930 – e tem desconto pros nossos leitores! Tem um grande quarto com 2 camas de solteiro (que juntas formam uma cama de casal), banheiro com ducha, cozinha equipada para preparar café da manhã e algumas refeições, uma salinha de estar e jantar com TV, excelente conexão de internet Wi-Fi, máquina de lavar. O apartamento tem dupla exposição solar, é muito limpo e organizado. Toda a roupa de cama, mesa e banho è higienizada e fornecida para os hóspedes.

Tudo sobre Milão

Esco Hotel Milano – Está localizado a menos de 5 minutos a pé da estação de trem Milano Centrale, com conexões para todo o centro da cidade e todos os aeroportos. A propriedade dispõe de quartos bastante amplos, limpos com ar-condicionado e Wi-Fi gratuito. A simpatia dos funcionários é bastante elogiada no Booking!

INTOMILAN Aparthotel Galleria Duomo – Ótima localização numa rua comercial movimentada, bacana pra quem quer turistar! Boas lojas e restaurantes nas proximidades e quartos espaçosos e limpos. Não há café da manhã mas são fornecidos vouchers de café para um café nas proximidades do aparthotel!

Ostello Bello – O Ostello Bello apresenta 3 terraços mobiliados com redes e fica a 10 minutos a pé da Catedral de Milão. Você será recebido com uma bebida de boas-vindas de cortesia e poderá usufruir do WiFi gratuito em todos os ambientes. Os quartos e dormitórios apresentam decoração colorida, ar-condicionado, armários individuais e banheiro privativo.

BC MAISON bed&cafe Milano – Trata-se de uma guest house localizada em um prédio comercial no centro de Milão, em fantástica localização: a uma curta caminhada da Piazza del Duomo. Quarto confortável, com amenidades de máquina de café e chá, equipe simpática e prestativa. O café da manhã é entregue em seu quarto e é bem completo. No entorno do hotel há várias opções de transporte público para toda a cidade.

Duomo Hotel & Apartments – Com localização central, a apenas 240 metros da Catedral de Milão e do centro financeiro e comercial, o Duomo Hotel & Apartments oferece acomodações modernas com Wi-Fi gratuito. Todas as unidades dispõem de vista da cidade, ar-condicionado, área para refeições, bem como cozinha totalmente equipada com micro-ondas e geladeira. Fica pertinho de supermercados e de uma ótima padaria!

Castello Guest House – Fica no centro de Milão e oferece vista da Praça Castello, a cinco minutos a pé do Parque Sempione. Todos os quartos contam com TV de tela plana e banheiro privativo – são elogiados por serem amplos e modernos! A propriedade fica a 150 metros da estação de metrô Cairoli, a 10 minutos a pé da Catedral de Milão

Castello Sforzesco Suites by Brera Apartments – Localizado a 400 metros da Última Ceia e a 500 metros de La Scala, o Castello Sforzesco Suites by Brera Apartments oferece quartos com ar-condicionado e banheiro privativo em Milão. Acomodações amplas, recém-reformadas e excelente sinal de Wi-Fi!

Tudo sobre Milão

Opção alto padrão

Grand Hotel et de Milan – Localizado no bairro comercial exclusivo de Milão, o Grand Hotel et de Milan fica a 400 metros da Ópera La Scala. A propriedade conta com quartos de luxo, uma academia de última geração e oferece um serviço excelente e é bastante elogiado por ser silencioso!

Hotel Spadari Al Duomo – A nota 9,3 no Booking atesta: localização, atendimento, quarto, limpeza, café da manhã muito elogiados pelos hóspedes que ficaram por lá! O staff de funcionários também é bastante elogiado neste hotel quatro estrelas que fica no lado do Duomo.

Antica Locanda Dei Mercanti – Este charmoso hotel oferece uma variedade de quartos e suítes bem decorados, e fica a 350 metros do Castello Sforzesco de Milão. Funciona no 1º, 2º ou 3º andar de um edifício elegante do Século XVIII, o Antica Locanda coloca você bem no centro histórico de Milão, permitindo acesso fácil a áreas de compras exclusivas, bem como a atrações turísticas. Para quem quer mais exclusividade, também oferece quartos especiais, localizados no 3º andar do edifício, que incluem terraços privativos encantadores.

Hotel The Square Milano Duomo – Segundo as avaliações do Booking, tem quartos espaçosos, bem iluminados e muito confortáveis – e ótima ducha. A localização é um destaque à parte: tudo muito pertinho e conveniente. Outro destaque é o restaurante do hotel, Arya!

Hotel The Street Milano Duomo – Sabe aqueles hotéis-boutique super bem decorados e modernos? Esse é um excelente exemplo! Localizado no centro histórico de Milão, a poucos passos da Galleria Vittorio Emanuele e do Duomo, o The Street Milano Duomo oferece quartos em estilo contemporâneo, Wi-Fi gratuito em todos os ambientes e terraço mobiliado. Conforto, bom gosto e serviço!

Room Mate Giulia – Um combo maravilhoso: o hotel é bacana, descolado e todo novinho. Mas, o melhor é que é SUPER bem localizado, no meio de tudo que é mais importante e a dois minutos a pé da Estação Duomo. Quartos e banheiros bem limpos e confortáveis e café da manhã muito bom – justifica a super nota que eles têm no Booking!

Tudo sobre Milão

Onde comer em Milão: dicas de alimentação

Gastronomia é um ramo levado a sério na Itália e, como toda boa cidade italiana, Milão não decepciona quando o assunto é comida de qualidade. Restaurantes, gelaterias, bares/cafés e lojinhas de comida estão espalhadas por todos os cantos da charmosa capital da Lombardia. São estabelecimentos onde se encontra o melhor da culinária milanesa, além de sabores de diversas outras partes do mundo.

Aqueles que gostam de tradição não podem deixar de experimentar pratos típicos como o risotto alla milanese. A polenta também aparece na lista de especialidades da culinária local, além do queijo mascarpone – bastante usado no preparo de doces -, bons vinhos, entre outras iguarias! Muitos restaurantes servem frutos do mar e as pizzas que comi em Milão estão entre as melhores que já provei na vida!

Dica de lugares

‘a Puteca Rossopomodoro – Na Estação de Milão, um excelente lugar para lanchar – trata-se de uma cadeia napolitana de comida e pizzas que tem lojas em todo o mundo (até mesmo no Brasil, dentro da Eataly em São Paulo!). Na Estação Central de Milão, o local tem dois andares, um restaurante com mais opções de comidas e para quem está com tempo sobrando e um pequeno quiosque, para quem quer fazer um lanche rápido com pizza ou sanduíches – estive lá em minha ida mais recente para Milão e amei! O preço é superbom e a pizza e os sanduíches são incríveis. Além das pizzas e sanduíches (paninos), o cardápio é bem variado na parte de cima, onde fica o restaurante, e há outros pratos pra você aproveitar o melhor da culinária napolitana, como gnocchi, bruschettas, spaghettis, maccheroncello, burratas, paninis, bresaola e a lasagnetta e muuuito mais… Dá vontade de comer tudo!

Vá lá: Rossopomodoro. Endereço: Viale Sabotino 19 | Corner Porta Romana, 20135 – Milão, Itália. Telefone: +39 02 5832 8501 Site

Eccelenze Campane – Se você quiser desfrutar da variedade de sabores e sabores italianos, este é o lugar para ir. Você achará difícil resistir à tentação de experimentar tudo no menu. Estive lá em minha ida mais recente à Milão e amei: tudo é preparado com ingredientes locais e orgânicos, absolutamente fresco e com preço acessível! Além disso, a decoração é linda e o atendimento, super atencioso! Amamos e voltaríamos num piscar de olhos!

Vá lá: Eccelenze Campane. Via Cusani, 1, 20121 Milano. Telefone: +39 02 7209 5661. Site 

Da Maruzzella – Elogiadíssima por muitos turistas, dizem que a pizza de lá é fabulosa e uma das melhores de Milão. E com preço acessível! Também serve saladas frescas, carnes, massas e bruschettas, além de sobremesas como o tiramisu.

Vá lá: Da Maruzella. Endereço: Piazza Guglielmo Oberdan, 3, – Milão. Horário de funcionamento: de segunda à sexta-feira, 12h às 14h30min e das 19h às 23h30min. Telefone: +39 02 2952 5729. Site

Amorino – Comer gelato na Itália é algo obrigatório, na minha opinião – e não importa a estação do ano, pode ser até no inverno! E essa gelateria, que tem duas unidades em Milão, é simplesmente fabulosa! Amareto, chocolate, tiramissu, mascarpone, manga… São inúmeros e deliciosos sabores, além de outras delícias disponíveis no cardápio como tortas, waffles, chás e cafés.

Vá lá: Amorino. Endereço: Via Fiori Chiari, 9, Brera, Milão. Horário de funcionamento: de segunda à sexta-feira, das 12h às 14h30min. Telefone: +39 02 91 53 25 98. Site

Biffi Ristorante – Tradicional restaurante de nosso conterrâneo Tarcisio De Bacco, o Biffi existe desde 1867 e serve pratos da culinária tradicional italiana. O lugar é super elegante e requintado e comer ali torna-se um verdadeiro programa turístico. Além dos pratos tradicionais italianos, o restaurante também é famoso por servir frutos do mar – mas a maior especialidade deles é o risotto alla milanese, que foi justamente uma de nossas escolhas. Fabuloso!

Vá lá: Biffi Ristorante. Endereço: Galleria Vittorio Emanuele II, 20121 – Milão. Horário de funcionamento: de segunda à sexta-feira, do 12h às 23h30min. Telefone: +39 02 805 7961. Site e Menu

Milão imperdível: dicas que todo viajante tem que fazer em uma visita na cidade

1. Se perder no maravilhoso e famoso Duomo de Milão, a terceira maior catedral do mundo e visitar a galeria de esculturas a céu aberto.

2. Visitar a belissima galeria Vittorio Emanuele II.

3. Comer o famoso panzerotto (um salgado tradicional da Puglia que parece um calzone) no Luini, localizado no Centro Histórico (Via Santa Radegonda, 16, 20121 Milão).

4. Assistir uma ópera na La Scala, a famosa casa de Ópera de Milão.

5. Para quem gosta de futebol, a visita ao Estádio San Siro (MIlan) ou Giusepee Meazza (Inter) é uma ótima escolha já que duas mais importantes equipes dividem este estádio, Inter de Milão e o Milan.

6. Entrar em um ou mais bares de Milão no fim do dia, quando começa o happy hour, uma tradição imprescindível para os habitantes de Milão, pelo que muitos locais, ao final da tarde, oferecem a oportunidade de comprar uma bebida e desfrutar de um pequeno buffet com uma grande variedade de alimentos.

7. Se estiver em uma turma de amigos, visite as colunas de San Lorenzo, em frente à bela Basílica com o mesmo nome, ponto de encontro entre jovens de Milão.

8. Se perder pelas ruas e canais do distrito de Navigli.

9. Ver de pertinho a pintura da Última Ceia de Leonardo da Vinci, na igreja Santa Maria delle Grazie. Para comprar ingresso pra essa atração disputadíssima, confira o passo-a-passo que fizemos neste post – e se prepare com MUITA antecedência.

10. Caminhar pelo maior parque de Milão, o Parco Sempione.

Tudo sobre Milão

O que fazer e onde turistar em Milão:

Roteiro I – Um passeio pelos principais símbolos da cidade de Milão

Todo mundo que ouve falar de Milão tem em mente os principais pontos turísticos como o imponente Duomo de Milão, a Ópera La Scala, as galerias Vittorio Emanuelle e o famoso quadrilátero da moda, além do castelo e maior parque da cidade, Sempione. Como todos estes locais estão relativamente perto um dos outros no centro desta cidade incrível e cosmopolita, colocamos eles neste primeiro roteiro. Deixaremos outros locais importantes para o roteiro do dia seguinte.

A – Ponto inicial – Duomo di Milano – Considerada uma das principais praças da Itália e é o ponto principal da cidade. É nela que acontecem os principais acontecimentos, manifestações e eventos.

B – Royal Palace – Foi por muitos séculos a sede administrativa e residência real e agora é um centro cultural.

C – Piazza Mercanti – Praça central de Milão.

D – Teatro alla Scala – Ópera mais famosa da cidade inaugurada em 3 de agosto de 1778.

E – Panzerotti Luini – como mencionamos antes, que tal fazer uma paradinha para comer um dos lanches mais conhecidos da cidade?

F – Galleria Vittorio Emanuele II – aqui você encontrará algumas das mais famosas lojas de design de moda de Milão e é considerada uma das galerias mais belas da Europa.

G – Quadrilátero da Moda – Para quem é louco por compras indicamos um passeio pelas quatro ruas que formam o quadrilátero da moda – Via Montenapoleone, Via della Spiga, Via Sant’Andrea e Via Manzoni. Ali também fica uma das lojas mais bonitas da Apple.

H – Castelo Sforza – Para chegar lá, basta você pegar a Via Dante a partir da Piazza del Duomo, você chegará diretamente na entrada principal do castelo, local importante por ter abrigado oficinas do Leonardo da Vinci durante o Renascimento.

I – Sempione Parque – é o maior parque público de Milão e um lugar perfeito para descansar um pouco.

J – Cemitério Monumental de Milão – Visite esse enorme museu a céu aberto com muitos túmulos artísticos.

Roteiro II – Dia 2 em Milão – para os amantes do futebol e das artes

Para quem tem mais dias na cidade, indicamos alguns outros locais importantes para conhecer em Milão, para os amantes do futebol que querem conhecer o maior palco de futebol da cidade – e da Itália – aos que apreciam arte que querem ver ao vivo o famoso quadro de Da Vinci – a Santa Ceia, que está na Igreja Santa Maria Delle Grazie. Confira!

 

A – Ponto inicial – Estádio San Ciro/Giuseppe Meazza – Neste estádio jogam o Internazionale e o Milan, e durante alguns anos foi o maior estádio do mundo, com capacidade que chegou a 140 mil pessoas, números gradativamente minorados por questões de segurança. Ainda é o maior estádio italiano e um belo espetáculo para os amantes do futebol.

B – Santa Maria Delle Grazie – Igreja mais famosa de Milão, onde você encontrará a pintura da Última Ceia de Leonardo da Vinci.

C – Museo Nacionale della Scienza e della Tecnologia – Para os amantes das artes e de Leonardo da Vinci, este museu é todo dedicado as suas obras e é uma das melhores atrações turísticas de Milão.

D – Basílica de Santo Ambrósio – Pertinho do Museu de Tecnologia do Leonardo da Vinci, indicamos uma parada rápida em uma das mais antigas da cidade, concluída em 1099.

E – Distrito de Navigli – Um dos lugares mais pitorescos de Milão, você encontrará muitos restaurantes para o almoço e bares para o seu famoso happy hour milanês, caminhando ao lado dos canais.

F – Colonne di San Lorenzo – As colunas de San Lorenzo são da época em que os cavalos eram utilizados como meio de transporte e que Milão era a capital do Império Romano do Ocidente. São um dos monumentos mais antigos da cidade.

G – Pinacoteca di Brera – abriga uma das coleções de arte mais importantes da Itália como o Casamento da Virgem de Rafael.

Cartões de turismo e compra de ingressos

Milan Pass

Um dos melhores cartões de turismo da cidade é o famoso Milan Pass e ele tem validade de 48 horas. Como todos os cartões de turismo, este cartão se ativará com a primeira utilização, seja em um museu, em uma loja ou meio de transporte. A partir desse momento, você terá 48 horas consecutivas para desfrutar todas as vantagens. Ele pode ser retirado no Milan Visitor Centre – Via Cusani, 18, 20121 Milano MI, Italy – Phone: +39 02 867131

Achamos que ele é muito conveniente para quem estará na cidade pelo menos dois dias, já que você pode escolher entre uma das modalidades abaixo de transporte além de ter algumas das principais atrações que sugerimos nos roteiros, gratuitamente. Você ainda tem a opção de escolher os dois meios de transporte pagando 10 euros a mais. Veja abaixo:

*** Bilhete de 48 horas para os ônibus turísticos de City Sightseeing, os famosos ônibus de turismo da cidade que lhe permitem subir e descer quantas vezes quiser em qualquer parada da rota OU bilhete de 48 horas para o transporte público de Milão, isto significa que você poderá andar de forma ilimitada nas linhas urbanas de metrô, bonde e ônibus. Por favor, note que os transportes para aeroportos não estão incluídos neste passe.

*** As atrações incluídas são:

Elevador de acesso ao terraço da catedral (Duomo) de Milão.
Teatro alla Scala (você poderá escolher entre a entrada gratuita ao museu ou um desconto para uma visita guiada pelo interior do local).
Pinacoteca Ambrosiana.
Highline Galleria.
Museu da Ciência e da Tecnologia.
Estádio Giuseppe Meazza (San Siro) – Museu Inter & Milan.
Museu Casa Milan.
Visita interativa pela exposição Leonardo 3: o mundo de Leonardo da Vinci.
Visita pelo vinhedo de Leonardo da Vinci.
Museo Bagatti Valsecchi.
Museu da Arte e da Ciência.

Os preços variam entre €69 – escolhendo um tipo de transporte e €79 para os dois tipos. Para maiores informações, também sobre descontos aplicados, acesse o site https://themilanpass.com .

Tudo sobre Milão

Milano Card

O famoso cartão de turismo da cidade é mais barato que o Milan Pass e possui opções de 1 dia, 2 dias e 3 dias com preços variados. O de um dia custa €11, o de dois €17 e o de 3 dias €19.50. De acordo com nossos roteiros, esse cartão possui mais atrações sugeridas incluídas.

Se quiser ver todas as atrações,acesse o site do cartão ao lado – https://www.milanocard.it

Veja abaixo as principais razões pelas quais você deve adquirir este cartão.

Transporte público gratuito de Milão (metrô, bonde, ônibus, trens da cidade)
Uma bebida grátis no melhor local de Milão
Ganhe 5 € por um passeio de táxi
Acesso gratuito ou tarifas com descontos altos para as principais atrações e 200 atividades em Milão
Confirmação instantânea via website

Tudo sobre Milão

Qual dos dois cartões devo comprar?

Os dois cartões são bem parecidos e acho que o que mais conta são as atrações incluídas.

O Milano Card é um pouco mais flexível e mais barato, como mencionamos anteriormente. Ele está disponível em três períodos de duração – 24 horas, 48 ​​horas e 72 horas. Os visitantes têm acesso a transporte público gratuito durante todo o período do passe. Este passe também inclui atrações gratuitas e ingressos para passeios. O cartão também incluirá descontos em pontos de compras e recreação e assistência médica gratuita. O Milano Card é simples e pode ser adquirido on-line e ativado via smartphone ou aplicativo. Não há necessidade de trocá-lo por um passe físico. O passe é válido por um mês a partir da data da compra.

O Milan Pass está disponível por 48 horas somente e o passe é válido por 200 dias a partir da data da compra. Nos dois dias, os visitantes podem optar por visitar qualquer um dos dez pontos de referência da cidade gratuitamente. Isso inclui atrações importantes como o Duomo e o Museu La Scala. Há também passeios gratuitos, incluindo no passe, como os passeios de degustação de vinhos e passeios de compras exclusivos. Também inclui opções de transporte de um passeio de ônibus hop-on hop-off ou transporte público, com a chance de combinar os dois pagando um pouco mais por isso.

Você escolhe!

Milão: contatos e números de emergência

Ambulância: 118
Polícia: 113
Carabinieri: 112
Corpo de Bombeiros: 115
Farmácias Hotline 800 801185

HOSPITAIS:

Ospedale Fatebenefratelli
C.so di Porta Nuova, 23
Tel.: 02.63631
San Giuseppe
Via S. Vittore, 12
Tel.: 02.85991

San Carlo Borromeo
Via Pio II, 3
Tel.: 02.4045404

San Paolo
Via A di Rudinì, 8
Tel.: 02.81841

Agenzia delle Entrate (Instituto de Codice fiscale)
Via della Moscova 2
Fermata MM Moscova (green line)
Tel.: 02.636791
Working hours: Monday – Friday 8:30 – 12:30; Tuesday and Thursday until 15:30 open

Questura Centrale (Imigração)
Via Montebello 28
Fermata MM Turati (yellow line)
Working hours: Monday – Thursday 8:30 – 12:30; Friday 8:30 – 13:30

Outros endereços úteis:

Achados e Perdidos: 02.88453900
Escritório de Achados e Perdidos (Estação Central): 02.63712667
ATM (Transporte Público) 800 808181
Aeroportos SEA 02.74851
Chegadas e Partidas de voos 02.74852200
Sala de Bagagem de Linate: 02.716659
Sala de Bagagem do Terminal de Malpensa sala1: 02.58581285
Sala de Bagagem do Terminal de Malpensa sala2: 02.74854215

Consulado do Brasil em Milão:
Corso Europa, 12 – 20122 – Milão
Metrô: Linha MM1 (Rossa).
Ônibus: 54, 60, 73, 84 e 94.
Tram: (12,14,15, 16, 23, 24, 27).

Este artigo foi escrito por Roberta Weber Calabró e Rogério Milani – Parceria Steps To Fly e Viajando Bem.

____

Recomendados por Rogério Milani para uma viagem perfeita
Guias, transfers, hospedagens e outros serviços para uma viagem tranquila e segura
Alugue seu carro com Rental Cars ou RentCars
Reserve seu hotel
Compre seu ticket de trem
Evite filas nas atrações turísticas e programe seus bate-volta comprando ingressos e passeios antecipados
Reserve seu voo
Viaje tranquilo com seu seguro viagem Seguros PromoReal Seguros ou World Nomads
Serviço de câmbio confiável e com boas taxas, com desconto para leitor do Viajando: Confidence

___

banners05animado01

Tags

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *