Roteiro em casal pela Grécia – uma viagem incrível por Atenas, Delfos, Olympia, Napflio, Mykonos e Santorini

por | Atualizado em 22/02/23 | Atenas, Automóvel, Delfos, Dicas de Viagem, Hospedagem, Mykonos, Nafplio, Navio, Olympia, Roteiros by Rogerio, Santorini, Tour Personalizado

Sonhando com um roteiro em casal pela Grécia? Programe a sua lendo sobre a viagem de Simone e Marcelo por Atenas, Delfos, Olympia, Napflio, Mykonos e Santorini!

Roteiro em casal pela Grécia – a viagem de Simone e Marcelo

Nosso roteiro preparado pelo Rogério foi excelente. Funcionou perfeitamente. Ficamos cinco dias em Atenas, um dia em Delfos, um em Olympia, três em Napfio, quatro em Mykonos e mais três em Santorini.

A única coisa que, se eu pudesse mudar, seria acrescentar mais um dia em Atenas e mais um dia em Santorini… Mas isso só poderia ser feito acrescentando dias à viagem, porque não abriria mão de nenhum outro lugar visitado.

São destinos fantásticos que nos deixaram com aquele “gostinho de quero mais” – confira os posts aqui do blog sobre Mykonos, AtenasSantorini – você vai entender porque nos deslumbramos com elas!

As cidades

Atenas

Atenas é surpreendente! A Acrópole é uma experiência emocionante e merecia uma segunda visita.

Fizemos todos os roteiros a pé e exploramos bem a região do bairro de Plaka e adjacências, onde estão localizados os principais pontos turísticos da cidade (Arco de Adriano e as ruínas do Templo de Zeus, Àgora Antiga, Templo de Hefesto e o Museu da Ágora, Estádio Paratinaicos, Museu da Acrópole) e a rua Adrianou, repleta de lojas de artesanato local e de artigos de interesse dos turistas, restaurantes de comidas típicas e bares.

Nesses trajetos a pé, aproveitamos para conhecer alguns cafés, parques e descobrir essa região de Atenas. Procuramos seguir as indicações e fomos felizes quando, a partir de uma indicação da Rita, brasileira parceira do blog que trabalha como guia de turismo lá, almoçamos no Restaurante Projeto Grego.

Como dissemos, ficaríamos mais um dia em Atenas para visitar com mais calma a Acrópole e os museus. De Atenas fomos para Delfos, numa viagem pelo continente num carro alugado pela Rentcars.

Delfos

Delfos também surpreendeu. Região montanhosa, tem um clima diferente das outras regiões que visitamos (inclusive choveu).

Cidade muito bonita, pequena, bem cuidada. O sítio arqueológico é grande e numa parte montanhosa, com uma vista muito bonita e exige esforço para vencer todo o percurso. O tempo (um dia) foi suficiente.

Olympia

Olympia é também uma cidade pequena, bonita e bem cuidada. Tal como em Delfos, o sítio arqueológico é extenso, mas num terreno plano. Muito interessante e o tempo que ficamos ali (um dia) foi suficiente!

Napflio

A próxima parada, Napflio, primeira capital grega, é uma cidade mais extensa, muito movimentada. Na parte alta da cidade fica a fortaleza de Paladimi, que vale ser visitada e de onde se tem uma vista maravilhosa da região.

Da fortaleza é possível ver uma pequena praia escondida, Arvanitia, muito linda e agradável. O sítio arqueológico mais próximo é Micenas, que fica a uns 20 quilômetros com acesso fácil.

Numa noite, fomos assistir a uma peça de teatro no Teatro de Epidauros, uma arena muito bem preservada que fica perto de Napflio, aproximadamente 23 quilômetros. Apesar de não saber nenhuma palavra em grego, a experiência foi deslumbrante. Reservamos três dias para nossa estadia em Napflio e eles foram suficientes.

De Napflio voltamos para Atenas, de onde partiríamos, de navio, para as ilhas Mykonos e Santorini. No trajeto de retorno passamos pelo canal de Corinto, surpreendentemente curioso. A grandiosidade da obra prende a atenção. Pessoas praticam Bungee Jump de uma estação armada abaixo da ponte que atravessa o canal. Bem legal!

Roteiro em casal pela Grécia

Mykonos

Fomos de Atenas para Mykonos em navio convencional seguro e confortável, onde você pode circular livremente e ter a vista de outras ilhas ao longo do caminho.

As passagens foram reservadas com antecedência, do Brasil, e não houve problemas para embarcar.

Mykonos é uma cidade muito linda, bem cuidada e movimentada, uma vista maravilhosa do pôr do sol. Suas ruelas, onde predomina o branco, formam um labirinto curioso. Nelas estão lojas das mais conhecidas marcas mundiais e a vida noturna é muito movimentada e famosa.

Durante o dia pode-se visitar praias próximas à cidade. O acesso é fácil e barato por meio de transporte público (ônibus). Em Mykonos, nos permitimos um passeio não previsto com antecedência. Fomos ao sítio arqueológico de Delos, o qual também recomendamos (acessível somente por meio de barco).

Santorini

De Mykonos fomos para Santorini, na chamada lancha rápida Champions Jet, segura e confortável, cujas passagens também foram reservadas com antecedência.

Phira, a capital, fica localizada no alto de uma montanha, de onde se tem uma vista maravilhosa do mar Egeu. Suas casas brancas contrastam lindamente com o escuro da montanha. O porto fica localizado no pé da montanha, abaixo da cidade, e pode ser acessado por uma escadaria de milhares de degraus, que podem ser percorridos a pé ou no lombo de burros. Há outra possibilidade de acesso: teleférico. Neste porto, embarcamos num pequeno barco para visitar o vulcão e nadar em suas águas termais.

Em Santorini, todos os passeios podem ser feitos de ônibus (transporte público), confortável e barato. Embora a estação onde se pegam os ônibus tenha uma dinâmica bem confusa, depois que se pega o jeito da coisa, flui.

As cidades são pequenas e a distância entre elas também é – isso torna as viagens curtas, rápidas. Vale muito a pena!

Recomendamos o passeio à cidade de Akrotiri, na qual há um sítio arqueológico in door: as escavações de uma cidade pré histórica foram cobertas formando um imenso salão protegido do sol e da chuva.

No mesmo passeio é possível conhecer também as praias Branca, Preta e Vermelha. Fomos somente à praia Vermelha, cujo acesso a pé é possível. O nome da praia é devido à cor da terra nas imediações, neste caso, bem vermelha.

Fizemos também uma caminhada de Phira a Oia, foi um passeio muito gostoso. Demanda um certo condicionamento (uma caminhada de aproximadamente 190 minutos), mas é bem tranquilo. A caminhada é feita pelo alto da montanha e durante todo o percurso têm-se uma vista deslumbrante do mar. Voltamos de ônibus, depois de conhecer Oia, cidade muito bonita, quase toda de mármore, inclusive as ruas.

Os três dias passados em Santorini foram suficientes, mas consideramos que Santorini merecia mais um tempo, talvez mais um dia ou dois pois são muitas as atrações. Retornamos para Atenas de avião, direto para embarcar de volta para o Brasil.

Roteiro em casal pela Grécia

Os voos

As duas viagens feitas pela Alitalia, São Paulo/|Roma e Roma/São Paulo, ambas no período da noite, 11 horas de viagem, foram muito desconfortáveis. As poltronas eram duras.

A viagem de ida foi ainda mais desconfortável que a volta. Além disso, a viagem de volta atrasou três horas devido a um problema mecânico no avião.

Tivemos de permanecer no avião com pouca informação e sem alimentação. Justiça seja feita, o serviço de bordo da Alitália foi excelente.

Retornamos de Santorini para Atenas de avião. Em Atenas, já embarcaríamos de volta para o Brasil. O aeroporto de Santorini é muito pequeno e movimentado. Houve um atraso e todos os voos seguintes atrasaram, num efeito dominó. Além da situação desconfortável de um aeroporto superlotado, ficamos apreensivos pela possibilidade de chegarmos atrasados para o embarque em Atenas. Deu tudo certo, apesar de termos de correr para o check in.

Aluguel de carro

A locação do carro foi contratada do Brasil com a Rentcars, antes da viagem. Um único problema: a locadora está localizada num bairro muito distante de onde estávamos hospedados em Atenas. Como não conhecíamos não atinamos para este detalhe e tivemos que fazer dois grandes e dispendiosos deslocamentos de táxi: um na ida e outro na volta.

No mais tudo tranquilo. A locadora também aluga, se for do interesse, um GPS, em inglês e bem caro. Nada que o Google Maps do Celular não resolva. Aqui, mais uma vez. as orientações da assessoria foram muito úteis: contratação de seguro, quilometragem livre, full\full, etc.

Roteiro em casal pela Grécia

As hospedagens

Atenas – Nos hospedamos no Hotel Adams, localizado em Plaka, próximo a todos os pontos turísticos e ao centro de Atenas. Prédio antigo, limpo, equipe muito gentil, quarto confortável. Se você quiser, aqui no blog tem outras ótimas dicas de hospedagem em Atenas.

Napfio – Ficamos no Hotel Gambello Luxury, administrado por um casal de irmãos, muito bem localizado, perto de tudo, mas afastado da agitação. Prédio antigo com recursos modernos. Bem legal. Ponto negativo: Não possui estacionamento, o que causou certo transtorno já que estávamos de carro alugado.

Olympia – Ficamos hospedados no Hotel Kronio, que é confortável, quarto amplo, limpo.

Mykonos – Ficamos no Hotel White Myth. Localização excelente, perto das principais atrações da cidade, quarto muito grande e limpo. O hotel não tem recepção e não fornece café da manhã. Apesar disso, não tivemos problemas. Há sempre alguém por perto para atender e muitas lanchonetes nas proximidades.

Santorini – Nos hospedamos no Nectarios Villa Hotel, um hotel administrado pela proprietária, muito solícita e gentil. O quarto é grande, confortável e limpo. Também não serve café da manhã, mas no quarto há aparelhos e utensílios para preparar o café. Quer conferir outras opções de hospedagem em Santorini? Espia aqui nesse post ótimas dicas de onde ficar lá!

Delfos – O Hotel Orfeas era muito limpo, confortável, mas teve um probleminha: não tinha box, era uma cortina e o banheiro ficava molhado a cada banho. Não obstante, fomos muito bem recebidos.

Quanto aos preços, consideramos que foram preços justos. No entanto, o preço aumenta na medida que a reserva é feita próximo ao período da hospedagem. Como bem orienta o blogueiro, o quanto antes forem feitas as reservas menor é o preço.

Outra questão: nas reservas, para efeito de segurança do locatário, é informado o número do seu cartão de crédito. Após um determinado período não é possível mais cancelar a reserva e o hotel pode fazer a cobrança se não houver a hospedagem. Além disso, é possível informar a sua preferência por efetuar o pagamento após a hospedagem. Optamos por fazer o pagamento em dinheiro após a hospedagem para evitar o pagamento em cartão de crédito, sobre o qual incide cobrança de impostos, de acordo com a legislação brasileira.

Alguns poucos hotéis fizeram a cobrança no cartão de crédito, mesmo tendo sido confirmada a reserva. O vencimento da fatura do cartão aconteceu no tempo certo, como aconteceria se tivéssemos pagado com cartão no check out, mas tivemos que pagar o IOF.

Roteiro em casal pela Grécia

Como chegamos aos locais de hospedagem

Na chegada em Atenas, pegamos o táxi que havia sido reservado do Brasil com preço melhor. Para ir à locadora pedimos ao hotel para chamar um táxi (veio carro de aplicativo) e nos arrependemos: a corrida foi bem cara. Aqui no blog tem um bom post de como se locomover por Atenas.

Nas outras cidades do continente (Delfos, Olímpia e Napflio) estávamos com o carro que alugamos. No retorno a Atenas, pegamos um táxi da locadora até o hotel, numa corrida longa e cara. Em Mykonos, na chegada, pegamos um táxi compartilhado do porto até o hotel.

Na volta do hotel para o porto, já conhecendo o caminho das pedras, pegamos um ônibus (transporte público) na estação localizada em frente ao hotel.

Em Santorioni foi mais ou menos a mesma coisa. Na chegada fomos de ônibus (transporte público) até a estação de ônibus da cidade e de lá, como não sabíamos que era perto, pegamos um táxi até o hotel.

De qualquer forma, o trajeto era longo e numa subida, difícil para ser feito a pé com bagagens. Na volta, mesmo com bagagens, fomos a pé, sem problemas, do hotel até a estação, mesmo porque agora estávamos descendo. E de lá pegamos o ônibus até o aeroporto (voltamos de avião para Atenas).

Ingressos antecipados e passes de transporte

Adquirimos ainda no Brasil o ingresso para a peça de teatro em Epidauro. Valeu muito a pena porque pudemos escolher assentos próximos ao palco e não tivemos que perder tempo para comprar lá. Nos outros locais turísticos, a compra de ingressos era fácil e rápida, no próprio local (sítios arqueológicos e museus). Ingressos de atrações turísticas podem ser comprados diretamente no site de cada atração ou então todos em um único lugar, em português e uma única compra.

Seguro de viagem obrigatório

Não precisamos usar o seguro, mas contratamos por ser obrigatório. Se você está pensando em viajar pra Europa, confira este post sobre o seguro viagem, sua obrigatoriedade e dicas.

Roteiro em casal pela Grécia

Os procedimentos de imigração

A imigração foi feita em Roma. Demorou um pouco porque eram muitos turistas chegando e o aeroporto de Roma é muito grande, mas foi tranquilo.

O clima durante a viagem

Durante toda nossa viagem pegamos tempo bom, com muito sol e calor. Tivemos chuva somente em Delfos, o que é normal por ser uma região montanhosa.

Internet e telefonia

Comunicamos com o Brasil sempre por meio de WhataApp, utilizando o Wi-fi dos hotéis e outros. Utilizamos também o WhatsApp para conversar com o motorista do táxi que nos levou para o porto e para a locadora de veículos.

Se você quiser, também pode se informar sobre o serviço de roaming totalmente gratuito na Europa!

Roteiro em casal pela Grécia

Comunicação em língua estrangeira

Anteriormente, tivemos muito receio quanto à comunicação. O meu inglês é “basicão” e tememos não conseguir comunicar.

Mas, salvo algumas situações que foram até engraçadas, no mais tudo correu bem. Pudemos contar com a boa vontade das pessoas e, no apert,o você se desdobra e dá conta de resolver. Na Grécia, todo mundo fala inglês.

No final, eu já estava cansado, queria ouvir o português. Não podemos dizer que ocorreram situações que travaram porque a comunicação não foi possível – nos viramos bem!

Avaliação da consultoria

A consultoria de viagem foi indispensável. O Rogério nos deu informações e dicas importantes. Sem as indicações dele, não conseguiríamos sozinhos – não temos dúvida de que a viagem foi o sucesso que foi devido à assessoria que recebemos.

Aproveitamos para dizer o que ainda não tínhamos dito: a forma leve como a relação conosco se estabeleceu nos deixou tranquilos na nossa inexperiência e confiantes quanto às decisões que foram tomadas.

Em alguns momentos, cremos que foi preciso alguma paciência porque demoramos a decidir e responder, mas sempre pudemos contar com a compreensão.

E, como já disse, tudo que nos foi passado foi de muita valia. Consideramos a melhor viagem que já fizemos. O valor cultural é incalculável. Valeu cada Euro investido!

Foram vários os aspectos positivos da consultoria do Rogério – para destacar um, optamos pela fidedignidade das informações e das reflexões apresentadas. Gerou segurança e confiança, possibilitando tomadas de decisão corretas. Confirmamos na viagem a veracidade do que nos foi passado e somos agradecidos por isso.

Simone e Marcelo
Belo Horizonte/MG

Data da viagem: julho de 2019

Roteiro em casal pela Grécia

Dicas para outros viajantes

Quase todos os nossos passeios foram planejados e organizados ainda no Brasil e todos baseados em indicações. Recomendo todos. A Grécia é maravilhosa. Mas algumas oportunidades surgiram e foram muito interessantes. Por exemplo: Em Phira, Santorini, ficamos sabendo, por meio de um guia de turismo, sobre um restaurante familiar chamado Nikolas e fomos tirar a prova. Não nos decepcionamos.

Outro passeio que nos surpreendeu foi a Praia Vermelha, em Akrotiri, Santorini. Uma paisagem completamente diferente das que conhecemos no Brasil. Muito curiosa.

Gostou das dicas do roteiro do casal? Você pode se interessar por estes também:

A viagem pela Grécia do casal Isabela e Bruno – Santorini, Mykonos e Atenas

Viagem pela Grécia e Holanda – o roteiro personalizado de Rogéria pela Europa

Lua de mel na Europa: o roteiro personalizado do casal Danilo e Rhaira

Viagem pela França, Inglaterra, Bélgica, Itália e Holanda: o roteiro de Eline e Vanusso

Viajar sozinha pela Europa: o roteiro personalizado de Tálita por Grécia e Turquia

Querendo ir pra Grécia? Esses posts podem te ajudar a planejar sua viagem!

Férias na Grécia: consultoria de viagem para seu roteiro dos sonhos

Dicas de Viagem: Atenas (Grécia)

Horários e valores para acesso às principais atrações de Atenas

Grécia em março, vale a pena?

Grécia no inverno e outono: dicas de viagem

O que ver e fazer em Santorini

Dicas de Viagem: Santorini (Grécia)

Como chegar em Santorini

Mykonos: a ilha mais famosa – e festiva! – da Grécia

Dicas para conhecer Milos, uma das ilhas mais lindas da Grécia

Dúvidas sobre seu roteiro para a Grécia? Confira as respostas da nossa consultora do Férias na Grécia

___

Recomendados por Rogério Milani para uma viagem perfeita
Guias, transfers, hospedagens e outros serviços para uma viagem tranquila e segura
Alugue seu carro com a Rentcars
Reserve seu hotel
Compre seu ticket de trem
Evite filas nas atrações turísticas e programe seus bate-volta comprando ingressos e passeios antecipados com Ticketbar
Reserve seu voo
Viaje tranquilo com seu seguro viagem Seguros PromoReal Seguros ou World Nomads
Serviço de câmbio confiável e com boas taxas, com desconto para leitor do Viajando: Confidence

___

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendados por Rogério Milani para uma viagem perfeita

Reserve seu voo
Alugue seu carro com a Rentcars
Reserve seu Hotel
Compre seu ticket de trem
Evite filas nas atrações turísticas e programe seus bate-volta comprando ingressos e passeios antecipados com Ticketbar
Guias, transfers, hospedagens e outros serviços para uma viagem tranquila e segura
Serviço de câmbio confiável e com boas taxas, com desconto para leitor do Viajando

Viaje tranquilo com seu seguro viagem

Seguros Promo
Real Seguros
World Nomads