Roma, Munique, Paris e Londres em duas semanas. É loucura?!

por | Atualizado em 22/02/23 | Aviação, Hospedagem, Londres, Paris, Trem



Maria Cecília enviou:
Boa Noite Rogério! Nossa como você ajuda a tanta gente? Sobra uma ajudinha pra mim?!
Meu marido e eu ficaremos em do dia 14/10 a 23/10. Depois ficaremos em Paris de 23 a 30/10. Mas ele sugeriu irmos à Munique visitar um primo dele e à Londres de trem. É loucura? 
Um abração e agradeço desde já a ajuda!
Maria Cecília

——————————————————-

Olá Maria Cecília, tudo bem?! Sempre sobra um tempinho para ajudar sim! E vamos lá com as tuas dúvidas então!

As sugestões dadas por seu marido não são nenhuma loucura, são bem viáveis. Iniciando a viagem em , poderão ir a Munique de avião ou trem. De Munique seguem para Paris, também de avião ou trem. De Paris é um pulinho com o trem da Eurostar até Londres, apenas 2 horas de viagem. Quanto mais cedo comprarem os tickets, menores serão os valores.

O que vocês terão que fazer é organizar quanto tempo pretendem ficar em cada cidade e verificar, usando os sites da Rail Europe e Skyscanner, qual a melhor opção para cada viagem, se trem ou avião.

Outra opção é cotar as passagens aéreas entre -Munique e Munique-Paris juntamente com as passagens intercontinentais. Muitas vezes sai mais em conta do que comprar os tickets individuais de voos low-costs ou trem, além de facilitar a organização da sua viagem.

Se precisarem de dicas sobre hotéis, confiram o post Hotéis Recomendados. Para selecionar e reservar hotéis, indico o site da Booking.com.

Consegui te ajudar um pouquinho? Se precisar de mais informações ou ajuda para organizar sua viagem, é só chamar!

Um grande abraço!

13 Comentários

  1. Gisele

    Olá, pode tirar uma dúvida? Quantos dias dura uma viagem de Londres para a Alemanha, indo de trem?

    Responder
  2. Paulo Palazzi

    Meu visto para os EUA foi negado mas quero viajar com a minha esposa. Londres foi uma das opções …….
    é muito caro comer, hospedar e comprar la?
    abs e parabens pelo blog

    Responder
    • Rogério Milani

      Olá Paulo! Bah, que chatice isto, hein?! Visto negado para os EUA é um porre, eu mesmo já passei por isto em 2002, e logo depois fui para a Europa para me “vingar”, hehe! Londres é uma cidade um pouco cara, mas organizando bem a hospedagem e saindo daqui com boas dicas de onde comer por lá, ela acaba se tornando uma cidade bem normal, vai por mim! Além disso, a maioria das atrações turísticas da cidade são gratuitas. Faça uma boa pesquisa de sua hospedagem em Booking.com. E quanto às compras, procure pelas grandes lojas e outlets que encontrará ótimos produtos a preços acessíveis.

      Abraço!

      Responder
  3. Vitória

    oi!!!eu adorei seu blog,simplesmente perfeito…
    eu estou planejando um mochilão pela europa de 19 dias…´
    as cidades são as seguintes : munique,madri,londres e paris…
    que tipo de transportes devo usar e quanto eu vou gastar mais ou menos em um dia?
    eu vou com mais três amigos…
    obrigada!!!

    Responder
  4. Rogerio

    Oi Roseni!

    O ideal seria ir aí por abril, maio, primavera na Europa, quando começa a esquentar. Ou então setembro, outubro, quando os dias ainda estão quentinhos e as noites mais frias. Épocas perfeitas, na minha opinião. Junho também é uma boa pedida, mas julho e agosto o calor é intenso e só recomendo para quem quiser curtir as praias ou locais mais ao norte da Europa. Quando falo em calor intenso, falo em 40 graus, de deixar o cara sem vontade de fazer coisa alguma, só sombra, cerveja, sorvete, praia… 😉

    Uma boa seria iniciar a viagem em Lisboa e alugar um carro para depois seguir até Porto, passando por Cascais e Sintra, além de outras cidades pelo caminho, como Coimbra, Aveiro. De Porto, seguem para Madri, provavelmente de avião, mais rápido e mais barato. De Madri seguem para Barcelona de trem de alta velocidade, o AVE, ou então um voo direto para Veneza. Depois de curtir Veneza, também será uma ótima alugar um carro e conhecer Florença e a Toscana. Se a ideia for apenas Florença, melhor esquecer o carro e seguir de Veneza até lá de trem. E de Florença ou então Pisa, ver melhores opções e valores de voos, seguir até Paris.

    Para cotar e comprar os voos, acesse Skyscanner. Os horários e tickets de trem consultem o site Rail Europe. Se optarem por algum passeio de carro alugado, vale conferir as ofertas da Europcar, além das tradicionais Hertz e Avis.

    O tempo em cada cidade? Acredito que entre Lisboa, Cascais, Sintra, Porto e outras cidades portuguesas seja interessante pelo menos uma semana. O ideal seriam 10 dias. Madri no mínimo 3 dias, assim como Barcelona. Veneza pede pelo menos 3 dias também, mas com um roteiro bem organizado dá até para fazer em 2 dias, chegando bem cedo e saindo bem tarde no outro dia. Já Florença eu sugiro um mínimo de 3 dias se for apenas a cidade. Se a ideia for explorar a Toscana e arredores, vale dedicar aí pelo menos uma semana. E a espetacular Paris é um crime menos que 3 dias, sendo o ideal de 5 a 7, para imergir na cidade e se sentir um verdadeiro parisiense!

    Roseni, valeu pelos elogios e espero ter correspondido nas respostas às tuas dúvidas. Se ainda precisar de alguma info, basta comentar, ok?!

    Abração!

    Responder
  5. Roseni

    Olá Rogério! Bom dia. Parabéns pelo blog,pela colaboração (li uma série de comentários, dúvidas e anseios que vc responde com mta paciência)e riqueza de detalhes. Como disseram os demais… Sobra um tempinho na sua agenda pra mim? São três perguntas básicas: 1) Estamos (3 a 4 pessoas) pensando em ir para a Europa ano que vem, mas não decidimos a época. Qual é a época melhor para viajar pra lá, sem pegar frio e o clima estar agradável, mais pra calor? 2) Pensamos em conhecer Portugal (Sintra, Caiscais, Porto e Lisboa), Madrid (talvez Barcelona, dependendo do valor que ficará), Veneza, Florença, Roma e, FINALMENTE, Paris. Em sua opinião, qtos dias seriam ideais para conhecer os pontos turísticos principais de cada uma, exceto dias de ida e volta? Nós priorizamos Lisboa, Madrid, Veneza, Florença e Paris, mas se for possível, nos dê suas dicas levando em conta os dois roteiros. Estamos na dúvida qto a junho ou julho, pq segundo pesquisei, agosto é lotadíssimo por causa das férias.3)Qual é a melhor época para fechar o pacote de modo a sair mais barato e não pegar frio? Desde já obrigada, abraços a vc e sucesso no seu blog, que realmente é um achado.

    Responder
  6. Rogerio

    Tranquilo Rodrigo, podes chamar quando precisar!

    Abraços!

    Responder
  7. Rodrigo

    Olá Rogério!
    Pois é, também achei bem puxado, mas como é a primeira vez da minha namorada, tentamos elaborar algo mais completo. Planejamos viajar em maio ou setembro, então até lá muita coisa ainda pode mudar. Mas com certeza foi muito útil! Conforme formos decidindo te peço mais algumas dicas!
    Valeu!
    Abração

    Responder
  8. Rogerio

    Olá Rodrigo! Brigadão pelos elogios ao blog!

    Vai ser punk a coisa, hein?! Mas nada impossível, hehe!

    O tempo em cada uma parece estar ok, apesar de que 1 dia para Madri, Bordeaux e Firenze é pouco. Mas tudo depende do interesse de vocês nestas cidades.

    Sobre os meios de transporte, eu faria Paris-Amsterdã de trem. E o trajeto de Veneza-Firenze-Roma também, não vale o gasto de alugar um carro para apenas se deslocar entre estas cidades. Se a ideia fosse ficar mais tempo em Firenze e explorar a Toscana, aí eu concordaria, alugar carro seria perfeito.

    O mesmo vale para o trajeto Bordeaux-Paris. Se for passear apenas por Bordeaux e depois seguir para Paris, vá de trem! Carro combina mais com aluguéis de pelo menos 3 dias, para explorar bem uma determinada região e interior. Não vale gastar para circular dentro de grandes cidades e capitais e nem se deslocar entre duas cidades que possuem o trem como um meio de transporte rápido e barato.

    Outro pitaco seria o trajeto Barcelona-Bordeaux-Paris. Como ficarão apenas um dia em Bordeaux, não seria mais interessante deixar de lado esta cidade nesta viagem e pegar um voo direto de Barcelona para Paris?

    Te ajudei? Qualquer coisa chama! Estou aqui para isto!

    Abraços!

    Responder
  9. Rodrigo

    Olá Rogério!
    Em primeiro lugar parabéns pela excelência do blog! Muito rico e cheio de informações interessantes! Montei um roteiro tentando visitar um pouco de tudo, sabe como é, o famoso jeitinho brasileiro, mas sinceramente achei meio apertado. É minha segunda vez na Europa, mas como estou planejando viajar com a minha namorada e será a primeira vez dela, pensei dessa forma. Vamos lá:
    1- Madri (Chegada – 1 dia – carro/trem para 2)
    2- Barcelona (3 dias – trem para 3)
    3- Bordeaux (1 dia – carro para 4)
    4- Paris (4 dias – carro/trem para 5
    5- Amsterdam (2 dias – avião para 6)
    6- Praga(2 dias – avião para 7)
    7- Veneza( 2 dias – carro para 8)
    8- Firenze (1 dia – carro para 9)
    9- Roma ( 4 dias (1 em napoles) – avião para 1 voo Brasil)
    Pensei nessa ordem mesmo, ficando a dúvida sobre a quantidade de dias em cada cidade e se os meios de transporte que selecionei seriam os mais adequados?
    Desde já, muito obrigado!

    Responder
  10. Rogerio

    Oi Aline!

    Uma boa opção para os finais de semana é esta mesma: além da Ryanair, ficar de olho nas promoções aéreas das companhias que voam de Porto para toda europa como easyJet, Niki, Transavia e até a TAP, que também opera algumas linhas de baixo custo.

    Toda semana estas companhias lançam barbadas, inclusive com tickets quase de graça, onde vocè pagará somente as taxas e impostos.

    Digite “voos de Porto” no Google que ele listará as cidades e companhias que fazem determinado trajeto, ok?! Normalmente a Ryanair é a que vai ter as menores tarifas, mas fica de olho nas pegadinhas, como imprimir o e-ticket antes de fazer o check-in, não levar mais que 10kg na mala de mão (se tiver que despachar, já custará uma fortuna) e assim por diante. É bom, nos primeiros voos, conferir atentamente às regras da companhia, para que o voo não saia mais caro que em numa companhia normal.

    Outras boas pedidas para os finais de semana é conhecer cidades mais próximas a Porto, como Aveiro, Viana do Castelo, Braga e cidades da região vinícola do Douro. Também estarás bem próxima de ótimos destinos na Espanha, como Santiago de Compostela, Vigo, Salamanca e até Madri, onde poderá pegar um trem e fazer viagens mais curtas e rápidas.

    Das cidades que listaste como destinos da Ryanair eu considero “imperdíveis” para curtir uma escapada Dublin, Londres, Pisa e arredores (Toscana), Munique e Roma. E não podemos deixar de fora Paris, que além da Ryanair, também tem voos pela Transavia e easyJet. Mas isto é minha opinião, pois tudo depende do teu interesse e da tua vontade, certo?

    Sugestões não faltam! Importante é você esquecer o frio e montar o roteiro de acordo com os destinos que mais te interessarem, certo? Mesmo se o frio for muito intenso, sempre haverá o que fazer, pois o que não faltam são atrações e museus bem aquecidos, hehe!

    Espero ter ajudado. Precisando, é só chamar!

    Abração!

    Responder
  11. Aline De Leo

    Rogerio, estarei fazendo intercâmbio em Porto (Portugal) de novembro a janeiro. Pretendo viajar em alguns fins-de-semana de Ryan Air com mais duas amigas. Conferi a lista de võos que saem de Porto e são muitas opções. Quais cidades você acha que valeriam uma visita de final de semana? Alguns exemplos: Bolonha, Bordeus, Bremen, Bruxelas, Dublin, Dusseldorf, Eindhoven, Frankfurt, Gran Canaria, La-Rochelle, Lille, Liverpool, Londres, Maastricht, Marraquexe, Marselha, Munique, Milão, Pisa, Rodez, Roma, Lyon, Tours e Valencia. Ufa… Não precisa falar de todos, mas só dos que valem a pena. Lembrando que será inverno.
    Muito obrigada,
    Aline

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conhecendo os arredores de Paris: 5 lugares incríveis para bate-voltas

Conhecendo os arredores de Paris: 5 lugares incríveis para bate-voltas

á pensou em visitar Paris e, além disso, conhecer outros lugares incríveis que ficam bem pertinho da capital francesa fazendo bate-voltas? Neste artigo, falaremos sobre destinos como o Palácio de Versailles, Castelo de Chantily, Vale do Loire, Disneyland Paris e os Jardins de Monet em Giverny e como chegar até lá.

Recomendados por Rogério Milani para uma viagem perfeita

Guias, transfers, hospedagens e outros serviços para sua viagem.
Conheça nossos parceiros!
Alugue seu carro com a Rentcars
Reserve seu hotel no exterior com a segurança do Código de Defesa do Consumidor do Brasil
Compre seu ticket de trem em português e com poucos cliques
Evite filas nas atrações turísticas e programe seus bate-voltas comprando ingressos e passeios antecipados com a Tiqets/Ticketbar
Compare e compre seu voo com Skyscanner
Viaje com tranquilidade emitindo seu seguro viagem com a Real Seguros
Cartões de débito para viagem com o melhor câmbio e as menores taxas do mercado! Eu recomendo a Wise
Já pensou ter custo zero com sua hospedagem nas próximas viagens? Então conheça a Home Exchange!
Artigos e equipamentos recomendados para sua próxima viagem!