Tudo sobre Berlim: o que fazer, transporte, alimentação, hospedagem e muito mais dicas

Atualizado por Rogério Milani em 13/04/2020

Rogério Milani

Tudo sobre Berlim

Antes de visitar: conhecendo Berlim

“Em 09 de novembro de 1989, por volta das 22h, uma multidão pacífica marchou em direção as passagens do muro de Berlim querendo ir para o outro lado. Os guardas da fronteira sem saber o que fazer, levantaram as cancelas e deixaram o povo passar. Com a reunificação dos países, terminava a Guerra Fria. // O muro de Berlim, que dividia a Alemanha em Ocidental e Oriental, é derrubado. A queda do muro passa a ser um dos marcos do fim da Guerra Fria. A unificação oficial do país acontece no ano seguinte”.

Francis Iácona

Este poema comemorativo aos 25 anos da queda do Muro de Berlim representa um pouco do que é Berlim, a maior cidade e capital da Alemanha, marcada pela triste (e recente) história que chocou o mundo através do nazismo alemão, clara e viva por todas as partes da cidade. O Muro foi uma barreira física construída pela Alemanha Oriental – socialista, durante a Guerra Fria, que circundava toda a Berlim Ocidental – capitalista, separando-a da Alemanha Oriental (socialista), incluindo Berlim Oriental. Este muro, além de dividir a cidade ao meio, simbolizava a divisão do mundo em dois: a República Federal da Alemanha (RFA), que era constituída pelos países capitalistas encabeçados pelos Estados Unidos; e a República Democrática Alemã (RDA), constituída pelos países socialistas sob jugo do regime soviético. Se você for a Berlim hoje, ainda conseguirá claramente identificar os dois lados da cidade.

Mas peraí, Berlim é muito mais que isso! Ela é considerada a capital mais criativa do mundo e centro de atração para artistas de todo o mundo pois “Berlin, the place to be” (em inglês: “Berlim, o lugar para se estar”), como diz a campanha oficial de turismo desde 2009. Na nova cidade progressista, os antigos edifícios se misturam com o moderno Reichstag. Existem mais de 420 galerias de arte – a maior concentração da Europa – e um crescente número de start-ups alemãs com inúmeros espaços de coworking. E sabe mais? Antes de Berlim ser duas, ela foi nenhuma. Isso mesmo! Foi totalmente bombardeada e destruída durante a Segunda Guerra Mundial.

Pronto para conhecer mais sobre essa cidade surpreendente? Pois neste post completo ajudaremos você com informações sobre transporte, acomodação, passeios, cartões de turismo e claro, nossa super sugestão de roteiros. Vem com a gente!

Tudo sobre Berlim

Como chegar e se locomover em Berlim: dicas de transporte

Se você já leu os nossos posts anteriores da série “Tudo Sobre”, sugerimos que você estude um pouco sobre o funcionamento da cidade que é tema do post, veja imagens, mapas e tente entender. Uma vez aprendido, é fácil, fácil. Melhor modo de se locomover por Berlim? Transporte Público. Assim como em Londres, a cidade é dividida por zonas (A, B e C), então tenha claro para onde você está indo pois quanto mais longe, maior o valor da passagem. Acompanhe as nossas dicas abaixo e aproveite!

Rapidamente para explicar as zonas da cidade, a região A é a mais central e, por consequência, onde a maioria dos pontos turísticos estão localizados. A região B é caracterizada por outras atrações, principalmente o aeroporto de Berlim (Berlim-Tegel). Já a região C é a mais afastada, onde fica Potsdam ou o Aeroporto Berlim-Schoenefeld, por exemplo.

Os ônibus – Muito eficientes e pontuais, são representados pela letra H (Haltestellen) em verde e amarelo e existem plaquinhas onde você pode ver o horário dos ônibus (alguns painéis são eletrônicos).

DICA QUENTE – A linha mais interessante é a de número 100 pois percorre a Avenida Unter den Linden que sai do Portão de Brandemburgo até a praça Alexanderplatz.

Os trams – Certamente você deve ter ouvido falar dos famosos bondes que existem em cidades como Viena ou Florença, pois aqui também tem.

CURIOSIDADE – O bonde foi o meio de transporte mais desenvolvido e usado em Berlim Leste durante a Guerra Fria. Em 1967, a maior parte das linhas de bonde que passava por Berlim Ocidental havia sido fechada.

Ônibus noturnos (Nachtbus) – Assim como em Londres, os ônibus noturnos circulam toda a noite e são representados pela letra N + número da linha. Algumas delas substituem o U-Bahn.

O sistema de metrô – U-Bahn – Este é o nome do metrô de Berlim e, se você está acostumado com o transporte nas grandes cidades do mundo, certamente conseguirá se locomover com este. É representado por uma placa azul com a letra U, funciona das 4h da manhã até 1h da manhã, possui 146 quilômetros e passa por 173 estações.

O sistema de trem – S-Bahn – Este é o nome do trem de Berlim que normalmente leva para as áreas um pouco mais afastadas – porém preste atenção pois há pontos onde você pode mudar do U-Bahn para o S-Bahn e isto lhe ajudará a chegar ao seu destino. Ele funciona das 4h30min da manhã até 1h30 da manhã.

*** De sexta para sábado, de sábado para domingo e em véspera de feriados tanto o U-Bahn (com exceção das linhas U4 e U55) como o S-Bahn funcionam durante a noite toda.

Tudo sobre Berlim

Como comprar os cartões de transporte e turismo

Quando se trata de comprar os bilhetes de transporte público, por favor, preste atenção na legenda abaixo. Ela representa as duas empresas diferentes responsáveis pelo tipo de transporte correspondente, embora TODOS OS BILHETES SÃO VÁLIDOS para todos os modos de transporte dentro da zona que você decidiu comprar. Caso não saiba, faça uma pesquisa aqui neste site.

U-Bahn, ônibus, bondes e balsas = BVG
S-Bahn = Deutsche Bahn

Como a maioria das cidades, o sistema de transporte de Berlim também permite que você compre bilhetes por dia, para pequenos grupos e os famosos WelcomeCard e CityTourCard, com preços especiais e vantagens para turistas. Tudo vai depender da quantidade de dias em que você ficará na cidade. Obviamente, recomendamos que você acesse o site para conferir detalhes da tabela completa (veja abaixo valores atualizados em 13 de Abril de 2020). As passagens podem ser adquiridas nas bilheterias ou nas máquinas das estações de metrô e de trens.

Bilhete unitário (Einzelfahrschein) – Segundo experts, esse é o ticket que vale menos a pena se você irá girar pela cidade. Ele tem a duração de duas horas a partir do momento em que o ticket foi validado na estação, é pessoal e válido somente em uma direção (sem retorno). O valor para a zona A-B custa 2,90 Euros, de B-C custa 3,30 Euros e de A-B-C custa 3,60 Euros.

Bilhete de um dia (Tageskarte) – Excelente ticket pelo custo-benefício. Com ele você poderá andar quantas vezes quiser, em qualquer direção e válido até as 3h da manhã seguinte independentemente da primeira vez que você validou. O valor para a zona A-B custa 8,60 Euros e de A-B-C custa 9,60 Euros.

Bilhete para pequenos grupos (Kleingruppen-Tageskarte) – Para quem está viajando em grupo é a melhor opção pois permite que até cinco pessoas viajem juntas por um dia. Os preços são Zonas A-B por 23,50 Euros e zonas A-B-C por 24,90 Euros.

Se estiver turistando, outra opção excelente são os Berlin Welcome Card e CityTourCard de acordo com os dias em que ficará na cidade (ver maiores detalhes abaixo).

Berlin Welcome Card

Este é o cartão oficial de turismo de Berlim e a grande vantagem em relação ao Berlin Pass é que você poderá se mover gratuitamente no transporte público e entrar gratuitamente (ou com bastante desconto) em atrações importantes – depende do tempo de duração na cidade já que seria necessário solicitar o cartão por 72 horas. Na opinião de muitos é o melhor cartão turístico de Berlim. Não se esqueça de que você deve pagar para ter acesso a Ilha dos Museus gratuitamente já que a maioria deles possuem descontos que variam entre 25% e 50%. Algumas estão abaixo.

Catedral de Berlim – Palácio Charlottenburg – Madame Tussauds Berlin – Torre de Televisão – Museu de Checkpoint Charlie – Palácio de Sanssouci – Museu do Currywurst

** Para cartões de 48 ou 72 horas – validade a partir do horário da primeira utilização.
** Para cartões de 4,5 ou 6 dias consecutivos, a validade é por dia e não por hora.

Maiores informações sobre preços no site oficial. Note que a partir de 79 Euros você poderá comprar o cartão Berlin Welcome Card ALL INCLUSIVE .

 

** Preços Welcome Card

Berlin City Tour Card (ou Berlin Card)

O cartão de Berlim é outro bilhete turístico para Berlim. Dependendo da duração da sua viagem, com ele, você pode utilizar o transporte público (duração de dois a cinco dias) quantas vezes quiser.

Eles lhe dão a opção ainda de pegar as zonas A-B, incluindo aeroporto de Tegel, que cobre a maioria dos pontos turísticos. Se você quiser ir um pouco mais longe, deves pegar o ticket de Berlim e Potsdam e pagar um pouco mais.

Além do transporte gratuito, você ganha até 30% de desconto nas principais atrações turísticas de Berlim. Este é um produto do blog-site Visit Berlin. Acesse o site da empresa para compra ou maiores detalhes sobre como comprar este cartão.

Go Berlin Pass

Ao contrário do primeiro, o cartão Go Berlin Pass (antigo Berlin Pass) é um cartão turístico que permite o acesso gratuito a mais de 50 atrações turísticas e museus, porém o transporte gratuito é opcional. Você recebe ainda um guia com informações completas sobre os lugares turísticos e como chegar até eles. Veja abaixo algumas vantagens.
Como em outras grandes capitais do mundo, o Go Berlin Pass é fácil de usar e é uma maneira fácil de poupar tempo e dinheiro na cidade, evitando longas filas. O grande chamariz? Poupe tempo e dinheiro e elimine as filas para comprar bilhetes de atrações (o que pode ser extremamente importante na alta temporada ou verão, por exemplo). Quer saber como funciona? Aqui.

Vantagens

– Compre online, baixe o aplicativo e acesse com click somente ou retire nos postos autorizados e receba em casa
– Apresente o cartão e entre gratuitamente em mais de 60 atrações
– Guidebook gratuito
– Entradas gratuitas na Ilha dos Museus
– Entrada gratuita no Berlin Bus Tour

Ele fica ativo após utilizar na primeira atração e tem validade de três dias consecutivos. Desvantagens: Você deve pagar um extra de Berlin Attractions Pass e pelo cartão de transporte.

Valor total para 1 adulto para 2 dias – 74 Euros

Valor total para 1 adulto para 3 dias – 99 Euros

Valor total para 1 adulto para 4 dias – 121 Euros

Valor total para 1 adulto para 5 dias – 139 Euros

Se preferir ter uma visão geral de todos os cartões disponíveis de turismo e a comparação entre eles, veja neste site.

Tudo sobre Berlim

Como ir dos aeroportos principais até o seu hotel: chegando em Berlim e se locomovendo pela cidade

Atualmente, existem dois aeroportos em Berlim, o Aeroporto de Tegel (Código: TXL) e o Aeroporto de Schoenefeld (Código: SXF). O Tegel é provavelmente o aeroporto em que você chegará se estiver vindo do Brasil, enquanto o Schoenefeld recebe principalmente voos da Europa Oriental, do Oriente Médio e das companhias aéreas low-budget.

Mas não por muito tempo! O Aeroporto de Schoenefeld está em reforma e, em breve, será transformado no único aeroporto de Berlim e absorverá os voos de Tegel também. Ele será chamado de Berlim-Brandemburgo “Willy Brandt” (Código: BER) ou Hauptstadtflughafen (que significa Aeroporto da Capital). Ainda não se sabe quando será inaugurado (talvez 2020) pois as obras já atrasaram inúmeras vezes (virando até motivo de piada!), mas você pode ler mais no site do aeroporto.

Do Aeroporto de TEGEL até o centro de Berlim

1. Ônibus – Esta é realmente uma boa alternativa para sair do aeroporto e ir ao centro da cidade, afinal, o aeroporto é super central. O ônibus se chama JetExpressBus e vai até a praça AlexanderPlatz em torno de 30 minutos e custa apenas €2.90.

2. Trens – Metrô – Não tem nenhuma estação de metrô no aeroporto Tegel, mas caso você decida por este meio de transporte, a poucos minutos do aeroporto ficam as estações Jakob-Kaiser-Platz e Kurt-Schumacher-Platz, ambas interligadas com diversas outras linhas.

3. Táxis – Essa é a maneira mais cômoda e rápida (em torno de 20 minutos) para chegar ao centro da cidade. Você pode contratar um transfer com antecedência ou pegar um dos táxis na saída do aeroporto. O preço ficará em torno de €70. Caso queira fazer uma cotação, clique aqui.

2. Do Aeroporto de Schoenefeld até o centro da cidade

1. Ônibus – Ao contrário do aeroporto de Tegel, não recomendamos esta opção como a melhor para se deslocar do aeroporto até o centro da cidade. Caso queira, terá que comprar um ticket A-B-C que custa €3.60.

2. Airport Express (RE 7 / RB 14) – Este trem rápido é a maneira mais fácil de chegar ao centro de Berlim pois ele faz parada em diversas estações principais da cidade e leva em torno de 30 minutos até o centro. Consulte o preço no site da companhia de transportes, mas você deve apenas comprar um abono que cubra as zonas A-C já que o aeroporto está na Zona C.

3. Trens – Metrô – Não vale a pena pois o preço é mais ou menos o mesmo mas leva muito mais tempo para chegar ao centro da cidade.

4. Táxis – Você pode contratar um transfer com antecedência ou pegar um dos táxis na saída do aeroporto. Como todas as outras cidades, recomendamos táxi quando se tem crianças pequenas, muitas malas e mais dinheiro para gastar e estar mais confortável. Mas pode pode facilmente utilizar o Airport Express. Caso necessite um transfer do aeroporto, o preço ficará em torno de 70-80 Euros. Caso queira fazer uma cotação, clique aqui.

Tudo sobre Berlim

Para conhecer os arredores de Berlim: bate-volta para Postdam, Leipzig e Hamburgo.

Típico de nossa série Tudo Sobre, oferecemos três opções de passeios de um dia para quem quer aproveitar o tempo da viagem para visitar as cidades vizinhas. A próxima Potsdam e seus incríveis palácios e jardins, a Nova Berlim – Leipzig e sua cidade jovem e clássica, e ainda a rica cidade marítima de Hamburgo.

Potsdam, a cidade dos palácios

Potsdam é uma excelente opção para passeios de ida e volta desde Berlim. Além de próxima de Berlim (aproximadamente 30 minutos de distância), esta cidade universitária é bela e repleta de palácios – conhecida residência dos reis prussianos e do “Kaiser” alemão até 1918. Seu planejamento incorpora idéias do Iluminismo que combina o equilíbrio arquitetônico e a paisagem, relacionando razão e emoção. Ao redor da cidade, muitos lagos e bonitas paisagens fazem o passeio valer a pena.

O que ver: Park Sanssouci (Patrimônio da Unesco), Sanssouci Palace, Old Market Square, Orangery Palace, New Palace, Charlottenhof Palace, Roman Baths e St. Nicholas Church.

Quanto tempo e quanto custa: O trajeto dura 30 minutos e você pode ir de trem S-Bahn a partir da estação central (RE1 na direção de Brandenburg, Hauptbahnhof), ou seja, rapidíssimo e fácil. O custo é de aproximadamente €6/trecho.

Mais informações: Entre diretamente no site do local para informações sobre preços, eventos, entre outros. É este aqui.

Tudo sobre Berlim

Leipzig, a “Nova Berlim”

Esta é uma boa opção para quem está em Berlim e quer dar uma escapada. Esta cidade jovem e vibrante e intimamente ligada à música clássica (Wagner nasceu aqui, e Mendelssohn estabeleceu um conservatório aqui em 1843) é chamada de “a nova Berlim” por causa de todo o espaço, antigos armazéns industriais, aluguel barato e renomadas escolas de arte. Uma cidade que respira cultura e história, localizada estrategicamente para aqueles que incluem Alemanha, República Tcheca e Áustria em seus roteiros.

O que ver: Leipzig Zoo, St. Thomas Church, Grassimuseum, St. Nicholas Church, Mendelssohn-Haus Leipzig, Karl-Heine-Kanal.

Quanto tempo e quanto custa: O trajeto dura uma hora e 30 minutos de trem a partir do Berlin Central Station e custa aproximadamente €30/trecho (trem).

Mais informações: Entre diretamente no site do local para informações sobre preços, eventos, entre outros. É este aqui.

Tudo sobre Berlim

Hamburgo, a rica cidade das pontes e canais

Graças a séculos de comércio marítimo, a vibrante cidade de Hamburgo oferece uma riqueza incomparável e variedade cultural. Com seu talento e charme marítimo, Hamburgo é uma das cidades mais bonitas da Alemanha onde você pode viver experiências únicas. Recomendamos ainda que a visita aconteça na primavera ou verão, já que a cidade é conhecida por seus invernos cinzentos e frios e, na temporada do sol, tudo muda: cafés cheios, parques e lagos movimentados e sorrisos por todos os lados.

O que ver: St. Pauli, Reeperbahn, Alster Lakes, Speicherstadtmuseum, Hamburg Harbour, Finkenwerder, Herbertstraße e Hamburg Zoo.

Quanto tempo e quanto custa: O trajeto dura 1hora e 45 minutos de trem a partir de Berlin Central Station e custa aproximadamente €26/trecho (trem).

Mais informações: Entre diretamente no site do local para informações sobre preços, eventos, entre outros. É este aqui.

Tudo sobre Berlim

Seguro viagem obrigatório na Europa

Ficou com vontade de conhecer Berlim? Se você viajar pra lá, precisa obrigatoriamente contratar o serviço de seguro viagem! Se você nunca ouviu falar sobre isso e quer saber mais, leia este post sobre o seguro viagem e todas as dicas para contratar este serviço.

Viaje tranquilo com seu seguro viagem Seguros PromoReal Seguros ou World Nomads.

Tudo sobre Berlim

Onde ficar em Berlim: dicas de acomodação

Indicamos sempre opções para todos os gostos – e bolsos – nos nossos posts de “Tudo Sobre”. Se você quiser, também pode dar uma conferida nas dicas de hospedagem dos nossos roteiros personalizados, testadas e avaliadas pelos clientes do blog.

Berlim é uma cidade receptiva e acolhedora, centrada em torno da arte, do progresso e de um espírito jovem. Porém, quando se trata de escolher um lugar-bairro para buscar um bom hotel fica difícil para muita gente pois Berlim é enorme (cerca de cinco vezes maior que o tamanho geográfico de Paris). Siga algumas dicas básicas: se você está visitando Berlim pela primeira vez, um bairro excelente para ficar é o Mitte, já que é o lar de muitas atrações turísticas e de fácil acesso aos locais turísticos. Ainda neste bairro estão os melhores bares e restaurantes da cidade. Se você pretende gastar menos com acomodação, recomendamos o bairro de Friedrichshain, localizada na antiga Berlim Oriental. Um bairro mais alternativo, com cena noturna agitada e amantes da arte e almas criativas. E, se você está viajando com a família, aconselhamos o bairro de Charlottenburg-Wilmersdorf, que inclusive já foi uma cidade independente. Hoje, é considerada uma parte bem rica da cidade de Berlim, com várias atrações para quem viaja em família.

Tudo sobre Berlim

Opção econômica

Generator Berlin Mitte – Instalações novas. A equipe é excelente! Próximo à ilha dos museus e de estação de metrô. Há um bar super animado com música ao vivo. Como serviços extras, há lavanderia a um custo de 3 euros para lavar e mais 3 para secar. O hotel também oferece café da manhã à parte por 6,5 euros incluindo café, suco, ovos, pão, iogurte e frutas. Para quem quiser, também há armário para malas a um custo de 1 a 6 euros (dependendo do tempo de permanência).

Albergue Heart of Gold Hostel Berlin – Fica a apenas 15 minutos da Estação Rodoviária Central de Berlim, esta pousada dispõe de uma recepção aberta 24 horas, um jardim e um bar animado. O Heart of Gold Hostel Berlin está a dois minutos a pé da famosa Ilha dos Museus, parada obrigatória para turistas que visitam Berlim. O hostel tem lounge compartilhado e há café da manhã servido à parte por 5 euros.

Pousada Pension Parlamento – Localizado em Berlim e a 3,1 km do Memorial do Muro de Berlim, o Pension Parlamento dispõe de jardim, quartos para não fumantes e Wi-Fi gratuito. Localizada a cerca de 3,8 km da Alexanderplatz, a pousada também fica a 4,1 km do Museu de História Natural. A Catedral de Berlim fica a 5 km de distância.

Baxpax Downtown Hostel/Hotel – Este hotel / albergue está situado na saída da histórica Friedrichstraße, em Berlim e oferece ótimas conexões de transportes e ofertas especiais em clubes selecionados de Berlim. O Baxpax Downtown Hostel / Hotel dispõe de acomodações que vão desde quartos individuais a dormitórios com cinco camas. Também estão disponíveis quartos apenas para mulheres.

Tudo sobre Berlim

Opção tradicional/preço médio

Hotel B&B Hotel Berlin Alexanderplatz  – Fica a pouco mais de um km da praça Alexanderplatz e a 1,5 km da Catedral de Berlim, o B&B Hotel Berlin Alexanderplatz oferece quartos em Berlim. A propriedade fica perto de várias atrações famosas, a cerca de 1,6 km da Torre de TV de Berlim e a cerca de 1,7 km da Ilha dos Museus. A recepção 24 horas e o Wi-Fi gratuito estão à sua disposição.

Hotel Hotel Elba am Kurfürstendamm – Design Chambers – O café da manhã é excepcional e o ambiente delicioso! Tem um elevador antigo que serve muito bem. O quarto é muito bom, confortável e limpo – e a localização é ideal para quem quer fazer passeios a pé!

Hotel Hotel Rossi – O café da manhã é excelente com diversas opções para escolha. Equipe sempre bastante atenciosa. Instalações em ótimas condições e bastante limpas.

Hotel Motel One Berlin Ku’Damm – Este hotel moderno está situado no centro de Berlim e oferece quartos espaçosos, estacionamento no local e WiFi gratuito. A Estação de Trem do Jardim Zoológico está a 200 metros do local. Os quartos do Motel One Berlin Ku’Damm possuem isolamento acústico, TV de tela plana e ar-condicionado regulável.

Hotel IntercityHotel Berlin Hauptbahnhof – Hotel muito arrumado, limpo, com quartos espaçosos e confortáveis. A proteção acústica é excelente, não se ouvindo nada o que acontece fora do quarto. É muito bem localizado, ficando a apenas uma quadra da Estação Central. O Free City Card é um excelente diferencial, pois com ele pode-se utilizar todos os meios de transportes sem custo, o que facilita muito o deslocamento na cidade.

Opção alto padrão

Hotel Hampton by Hilton Berlin City Centre Alexanderplatz – Este hotel está localizado no centro de Berlim, a apenas cinco minutos a pé da estação de trem Alexanderplatz. Super confortável, oferece um vasto café da manhã diariamente e os quartos são extremamente novos e confortáveis. Mas o maior luxo é sua localização: fica perto de tudo que importa!

Hotel MANI by AMANO Group – O staff é simpático e super prestativo, mas aqui o grande mérito é da modernidade da decoração do hotel, que é lindo! Ele também tem localização excelente, ao lado do metrô, perto também de diversos restaurantes e dos principais pontos turísticos. Há bicicletas para alugar no hotel e, se você ainda tiver fôlego ao voltar pro hotel após um dia de turismo, o rooftop costuma ser bastante animado!

Hotel AMANO – Esse ótimo hotel três estrelas fica a uma caminhada de 5 minutos do bairro de entretenimento Hackescher Markt, no centro de Berlim. O estabelecimento também oferece um pátio com jardim, terraço na cobertura e estacionamento subterrâneo.

Hotel Oderberger – Excelente localização no bairro mais charmoso de Berlim – observe o magnífico trabalho de restauração e renovação da arquitetura lindíssima do prédio tombado, preservando o local do banho público (Stadtbad), de enorme valor histórico para a cidade e para a memória afetiva para seus habitantes. Se der sorte, pode fazer uma visita guiada feita pela filha da dona do Hotel – muito simpática, atenciosa e conhecedora da importância da história da edificação e da concepção do projeto arquitetônico, explicando também o motivo de ter sido dado novo uso alternativo para o local da piscina. Ah, e o restaurante é maravilhoso.

Tudo sobre Berlim

Onde comer em Berlim: dicas de alimentação

Antes de sugerir alguns locais para comer em Berlim, nós vamos fazer um rápido resumo do que você não pode deixar de provar quando for para Berlim. 90% dos turistas chegam com uma listinha de comidas típicas do local para provarem e nós vamos colocar aqui abaixo algumas dicas para vocês. Depois disto, vamos sugerir alguns restaurantes.

A famosa cerveja alemã é a bebida que recomendamos – sem dúvida. A variedade é imensa e vai desde o tipo Pilsen – leve, até a Weiss – de trigo e a Starkbier, cerveja forte produzida em uma determinada época do ano.

Entre as comidas que você não pode perder estão as famosas salsichas (cada uma tem sua região específica), Wurst e Currywurst (coberta com Curry e Ketchup). Cozidas na água, tostadas, fritas, apimentadas, com mostarda, com pão ou puras. (não deixe de comer os famosos pães com essas salsichas nas barraquinhas na praça Alexander Platz, são deliciosos). Sugerimos ainda o Schnitzel (o nosso famoso bife à milanesa), mas ele é feito normalmente de carne de porco ou vitela, e é super fininho, acompanhado de batatas. Berlim é ainda conhecido por ter um dos melhores Kebabs do mundo (popular e barato), não deixe de provar. E ainda, o Bretzel – mais conhecido no Brasil como Pretzel – que também possui uma variedade enorme de recheios.

E por fim, não deixe de sair da Alemanha sem provar o famoso Strudel – doce folhado com maçã. É servido em geral quente ou morno, podendo vir acompanhado de creme ou sorvete, simplesmente de dar água na boca.

Tudo sobre Berlim

Onde comer em Berlim: dica de lugares

Jedermann’s – Se quiser experimentar um strudel inesquecível, esse é o lugar! Se você combinar o doce alemão com um sorvete de baunilha feito ali, então… A experiência fica dos deuses! O restaurante fica pertinho do Museu Pergamon, pode ser uma boa opção de lanche da tarde – e as porções são generosas, como a boa culinária berlinense pede!

Vá lá: Jedermann’s. Endereço: Unter den Linden 12, 10117 Berlim. Telefone: +49 30 20604980 | Site 

Tudo sobre Berlim

Hackethals – Restaurante pequeno, staff que te acolhe como se você estivesse em casa e comida típica alemã: uma combinação imbatível! Porções enormes e preços justos completam o combo dessa indicação de restaurante – peça o bife da casa com bacon e o filé de porco com purê de batatas – duas opções daquelas pra “comer ajoelhado”, como a gente diz aqui no Sul do Brasil!

Vá lá: Jedermann’s. Endereço: Pflugstrasse 11, 10115 Berlim. Telefone: +49 30 28387765 | Site 

Tudo sobre Berlim

Schnitzelei – Como dissemos no começo do post, o schnitzel é o bife à milanesa alemão e é um dos pratos mais famosos ao sul da Alemanha e também na Suíça. Neste restaurante moderno e confortável, ele é o carro-chefe. Absolutamente delicioso e bem-servido, também acompanha sobremesas deliciosas. Para os vegetarianos, há boas opções de prato também.

Vá lá: Schitzelei. Endereço: Chausseestr. 8 | oder Novalisstraße 11, 10115 Berlim. Telefone: +49 30 32519422 | Site 

Tudo sobre Berlim

Kurpfalz-Weinstuben – O Kurpfalz Weinstube é uma taverna tradicional com cozinha alemã e regional. Experimente o fabuloso Pfälzer, que é uma espécie de salsichão temperado com ervas bem típico da Alemanha. O local também é bacana para quem curte vinhos- o local oferece mais de 40 vinhos no menu e, se você quiser se aprofundar, a adega possui 400 garrafas de vinho.

Vá lá: Kurpfalz-Weinstuben. Endereço: 10629 Berlin Berlim. Telefone: +49 30 32519422 | Site 

Tudo sobre Berlim

Berlim imperdível: 7 dicas que todo viajante tem que saber

1. Tênis confortável, você seguramente vai caminhar bastante e vai precisar de um.

2. Se tiver tempo (e condições financeiras) não deixe de fazer um tour com os ônibus de turismo em Berlim (Sightseeing) mas percorra as duas linhas da cidade (vermelha e verde). Além de você ter uma noção de toda a cidade, você notará claramente na arquitetura – a antiga Berlim Ocidental da Berlim Oriental.

3. Visite a Ilha dos Museus, a Museumsinsel.

4. Caminhar com tempo observando todos os detalhes do East Side Gallery, o pedaço maior do Muro de Berlim. É emocionante!

5. Se deliciar com as bebidas e comidas alemãs.

6. Subir no topo da Catedral de Berlim, a vista é incrível!

7. Caminhar e subir nos diferentes blocos do Memorial do Holocausto. As interpretações e sensações são diferentes para cada visitante (triste… Mas parte da experiência!).

Tudo sobre Berlim

O que fazer e onde turistar em Berlim: 3 dicas de passeios diferentes

Sugestão de Roteiro 1 – Mitte e as atrações centrais de Berlim (Parte I)

Uma das grandes pedidas em Berlim é visitar uma região que é retratada nos quadros de Gordon: o bairro de Mitte (que, em alemão, significa “centro” ou “meio”), e por ter bastante pontos turísticos por ali, começamos nosso roteiro por essa região.

A) Museu Checkpoint Charlie – Museu que conta a história do famoso Checkpoint Charlie e está localizado há poucos passos do Check Point.

B) Checkpoint Charlie – Posto militar famoso onde passavam diplomatas e forças aliadas e que fazia a fronteira entre Berlim Ocidental e Oriental, na época em que existia o muro e a cidade era dividida em duas. Todo mundo quer tirar uma foto da casinha e da famosa placa informando “You are leaving the American sector”.

C) Praça Gendarmenmarkt – Sem dúvida, uma das praças mais bonitas de Berlim, com dois lados da praça para as duas igrejas barrocas idênticas (uma a Catedral Francesa e outra a Catedral Alemã), e no meio da praça a Casa de Concertos de Berlim.

D) Französischer Dom (Igreja Francesa) – Construída pelos huguenotes no século XVIII.

E) Deutscher Dom (Igreja Alemã) – Sofreu inúmeros danos durante a Segunda Guerra Mundial e hoje é um museu sobre a história da democracia alemã.

F) Konzerthaus Berlin – Sala de concertos de Berlim.

G) Portão de BrandemburgoBrandenburgertor – Sem dúvida, um marco para Berlim e é nele que pensamos quando pensamos nessa cidade. Era um dos portões que dava acesso a Berlim há séculos atrás quando Berlim era circundada por uma espécie de fortaleza e foi idealizado para ser um símbolo da paz.

H) Reichstag Building – Situado ao norte do Portão de Brandemburgo, este edifício abriga o Parlamento alemão e foi a sede do governo da República de Weimar até que foi tomada pelos nazistas em 1933. O prédio de dimensões monumentais, além de ser muito bonito, tem também uma rica história.

I) Holocaust Memorial – Este Memorial do Holocausto é uma homenagem aos seis milhões de judeus mortos durante o regime nazista. Ele desperta inúmeros sentimentos a quem o visita. Não deixe de ver o museu que está localizado ao lado do Memorial.

J) Potsdamer Platz – É uma praça com prédios super modernos, locais para comer e é um dos locais mais movimentados e visitados de Berlim.

Sugestão de Roteiro 2 – Mitte e a Ilha dos Museus (Parte II)

Começamos este dia em uma das praças que é o coração de Berlim, A) Alexander Platz. Se estiver ali e quiser ir visitar a Berlin TV Tower, também vale a visita e são apenas alguns minutos de caminhada. Mas, enquanto você não chega na ilha dos museus, vamos fazer uma parada rápida na igreja de B) Nikolaikirche, ou St. Nicholas Church, que é a igreja mais antiga de Berlim.

Agora sim, podemos cruzar a ponte de C) Schloßplatz e chegar a Museumsinsel, a famosa Ilha dos Museus de Berlim e considerada Patrimônio Mundial da Cultura pela Unesco (desde 1999).

D) Berliner Dom – Antes de começar o tour pelos museus, sugerimos a parada pela Catedral de Berlim, prédio finalizado em 1905. É possível subir no topo de igreja para ter uma vista privilegiada da Ilha dos Museus.

E) Altes Museum (Museu Antigo) – É o maior e mais importante museu do mundo no campo da arte antiga da Grécia, Roma e Etrúria.

F) Alte Nationalgalerie – Museu ideal para quem quer ver um pouco das obras de Manet, Claude Monet, Auguste Renoir, Edgar Degas e Paul Cézanne.

G) Neues Museum – O “Novo Museu” foi severamente danificado após a Segunda Guerra Mundial. Visite para ver o famoso busto da rainha egípcia Nefertiti, uma das mulheres mais poderosas e misteriosas do Egito Antigo.

H) Pergamonmuseum – Este é sem dúvida o meu preferido e o museu mais visitado de Berlim (e você entenderá o por quê). De tirar o folêgo é o Altar de Pérgamo e as Portas do Mercado de Mileto.

I) Bode-Museum – Aqui neste museu é possível ver uma vasta coleção de tesouros de arte bizantina. O prédio é lindo e existem preciosidades lá dentro.

Se você voltar até a ponte (Ponto C) e seguir por toda a avenida Under den Linden que vai até o Portão de Brandenburgo, você passará por muitos outros lugares interessantes, incluindo o J) Neue Wache, um memorial para as vítimas da Guerra construída em estilo neoclássico – antigo centro para soldados da Alemanha Oriental durante a Guerra Fria. É lindo e marcante.

Sugestão de Roteiro 3 – Outros lugares de interesse espalhados por Berlim – Dia Livre

Deixamos alguns outros lugares de interesse localizados ao redor de Berlim para que você acrescente em algum dos dias (não sabemos quanto tempo você pretende ficar na cidade e que tipo de transporte estará utilizando), ou deixe o terceiro dia para fazer aquele passeio de ônibus e descer em algum dos lugares, caso queira visitar.

1. East Side Gallery – Muro de Berlim – Já se passaram muitos anos desde a queda do Muro de Berlim mas visitar Berlim sem ver parte do muro é não visitar Berlim. O mais famoso é o East Side Gallery, que está ao lado do Rio Spree (que inclusive fica cheio de gente na época do verão). Faça fotos e tenha tempo para ver todos os grafites, imagens e significados que marcaram a história da humanidade. Endereço: Mühlenstraße 3-100, 10243.

2. Kurfürstendamm – Uma das avenidas mais famosas de Berlim, importante centro de compras e lojas de luxo.

3. Gedächtniskirche – A famosa “igreja quebrada” é impactante. Foi totalmente danificada na Segunda Guerra Mundial e vale a pena passar por ela (de novo fica muito bonita iluminada). Endereço: Breitscheidplatz, 10789.

4. Charlottenburg Palace – O maior palácio de Berlim também merece a visita. Em estilo barroco e rococó, todo o bairro onde está o castelo é lindo e repleto de verde.

5. Mauerpark – Parque importante em Berlim.

6. Oberbaum Bridge – É uma ponte de dois andares que atravessa o Rio Spree, considerada um dos marcos da cidade. Liga Friedrichshain e Kreuzberg, antigos bairros que foram divididos pelo Muro de Berlim.

Tudo sobre Berlim

Berlim: contatos e números de emergência

Utilizamos esta área para que você anote alguns telefones e endereços em Berlim que não podem faltar na sua agenda. Muitos destes contatos não serão utilizados, especialmente se relacionados à saúde já que você sairá com um seguro viagem que lhe protegerá em caso de qualquer acidente. Cada empresa dará a você um papel com a orientação e os telefones para contato de emergência. De qualquer forma, aí vão alguns contatos para você.

Telefones de emergência:

Policia: 110
Serviço de Bombeiro e Ambulância: 112
Serviços de emergência para crianças: (030) 610061
Telefone de emergências – Farmácia : (0800) 0022833.
Doutor: 116117 – gratuito para ligações pelo celular.
Serviço dental de emergência: (030) 89004333
Serviço de emergência para drogas: (030) 19237
Serviço de propriedades perdidas: (030) 902773101

Embaixada do Brasil em Berlim.

Endereço:
Wallstrasse 57
10179 – Berlim – Alemanha
Tel: +49 (0)30-7262 80
Fax: +49 (0)30-7262-8320/21
E-mail: [email protected]
Site: http://berlim.itamaraty.gov.br

Este artigo foi escrito por Roberta Weber Calabró e Rogério Milani – Parceria Steps To Fly e Viajando Bem pela Europa.

Tudo sobre Berlim

____

Recomendados por Rogério Milani para uma viagem perfeita
Guias, transfers, hospedagens e outros serviços para uma viagem tranquila e segura
Alugue seu carro com Rental Cars ou RentCars
Reserve seu hotel
Compre seu ticket de trem
Evite filas nas atrações turísticas e programe seus bate-volta comprando ingressos e passeios antecipados
Reserve seu voo
Viaje tranquilo com seu seguro viagem Seguros PromoReal Seguros ou World Nomads
Serviço de câmbio confiável e com boas taxas, com desconto para leitor do Viajando: Confidence

___

banners05animado01

Tags

2 Comentários

  1. Boa tarde.
    Gostei bastante dessas dicas. Estou programando viagem a Berlim e tudo que li me entusiasmou muito. Pretendo ir no inverno, para ver neve.
    Vou reler mais algumas vezes para fixar as informações.
    Parabéns pelo post!!!!
    Abração, Paulo.
    Tenho interesse em contratar passeio guiado.
    Me responde por email.

    Comente

Trackbacks/Pingbacks

  1. Por onde começar a planejar sua viagem para a Europa? - Viajando Bem | Dicas e roteiros de viagem - […] de vocês. Se a ideia for badalar bastante, vale trocar, ou então incluir, Londres, Amsterdã, Berlim ou Bruxelas. Aqui,…
  2. Onde ficar em Berlim - nossas dicas de hospedagem - […] ao final da Segunda Guerra Mundial! Toda essa intrigante história nós contamos no nosso post Tudo Sobre Berlim, que…
  3. Onde ficar na Alemanha - […] ao final da Segunda Guerra Mundial! Toda essa intrigante história nós contamos no nosso post Tudo Sobre Berlim, que…
  4. 10 dicas para viajar barato pela Europa - Viajando bem e Barato - […] Tudo sobre Berlim – Tudo sobre Bruxelas – Tudo sobre Florença – Tudo sobre Amsterdã – Tudo sobre Paris…
  5. Março na Europa: 10 destinos tops para curtir a Europa em Março! - […] Tudo sobre Berlim – onde ficar, comer e o que fazer por lá […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *